Poder

A crise política entre Flávio Dino e Roberto Rocha

Roberto Rocha encaminhou três nomes para Flávio Dino escolher e substituir o secretário de Estado de Meio Ambiente, Marcelo Coelho, que hoje não é mais considerado de sua cota.

????????????????????????????????????

Governador Flávio Dino e o senador Roberto Rocha.

O Palácio dos Leões tem adotado medidas que vem gerando crise política com os partidos aliados do PCdoB. Um exemplo claro disso foi o desgaste com o PDT, partido controlado pelo deputado federal Weverton Rocha, que tentou substituir Áurea Prazeres do cargo de secretária de Educação, mas não conseguiu.

O PDT perdeu o cargo após o governador nomear Felipe Camarão como titular da Secretaria de Educação.

A mais recente medida também gerou crise política entre o governador e o senador da República, Roberto Rocha (PSB).

Roberto Rocha encaminhou três nomes para Flávio Dino escolher e substituir o secretário de Estado de Meio Ambiente, Marcelo Coelho, que hoje não é mais considerado de sua cota.

No entanto, o chefe do executivo evitou, até o momento, atender o pedido do senador, que enxergou uma possível coaptação do governo com o seu ex-aliado Marcelo Coelho.

O governo teria coaptado igual fez com Ester Marques, ex-secretária de Cultura, indicada pela deputada federal Eliziane Gama (PPS).

E essa crise política deixará Flávio Dino inviável a obter o voto de Roberto Rocha no processo de impeachment de Dilma.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários