Poder

Prefeitura de Codó é suspeita de irregularidades financeiras

COAF aponta irregularidades nas gestão do prefeito Zito Rolim.

O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) constatou o envolvimento da Prefeitura de Codó em movimentações financeiras irregulares.

O documento detectou, ainda, o repasse de R$ 107.736,40 mil da Administração Municipal para Antônio José Fernando Júnior Batista Vieira e Fabiano de Carvalho Bezerra, proprietários empresa Vieira e Bezerra LTDA.

O relatório foi concluído em janeiro de 2014 e faz parte do processo que investigou desvios de recursos públicos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) na prefeitura de Anajatuba.

Durante o processo foi deflagrada a operação Attalea, teve como principal alvo o prefeito de Anajatuba, Hélder Aragão, que foi preso no desenrolar da ação federal, assim como funcionários do Município, inclusive Fernando Júnior e Fabiano Bezerra. A apuração apontou que uma organização criminosa desviava recursos e lavava os valores através de contratação direcionada de “empresas de fachada”.

codó1

codó


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários