Poder

Notas da manhã

Prisão

criminoso

O 21º Batalhão de Polícia Militar prendeu na tarde deste sábado (26) dois suspeitos de terem assassinado a bailarina Ana Lúcia Duarte Silva na BR-135. Guilherme Luís de Araújo Silva e um menor de idade foram encaminhados para a Delegacia de Homicídios para providências cabíveis.

Ana Duarte estava trafegando pela estrada que liga São Luís ao continente quando reduziu a velocidade para desviar dos buracos na via e foi abordada pelos marginais. Ela foi alvejada com seis tiros na região do rosto. Os criminosos levaram seus pertences e fugiram. Uma amiga que também estava no veículo não se feriu. Durante toda a tarde de sábado a bailarina recebeu diversas homenagens. Um grupo de artistas fez uma caminhada pelo Centro Histórico da Capital pedindo pelo fim da violência urbana.

Escolas

As idade mais críticas são 4 anos, 690 mil de crianças não são atendidas, e 17 anos, em que 932 mil adolescentes deixaram os estudos. O censo mostrou que a pré-escola, voltada para crianças de 4 e 5 anos, teve uma redução de 1% de matrículas em relação a 2014, passando de 4,96 milhões para 4,92 milhões, aproximadamente. Foi a primeira queda desde 2011. O ensino médio, que já reduzia as matrículas pelo menos desde 2010, teve, desde então, a maior queda, entre 2014 e 2015, de 2,7%. O número de estudantes passou de 8,3 milhões para 8,1 milhões.

Os dados do Censo Escolar de 2015 mostram que as matrículas diminuiram em todas as etapas de ensino, menos na creche, que atende as crianças até os 3 anos de idade. Os números refletem a queda da população, em geral, que tem reduzido entre criança e jovens, mas, de acordo com especialistas refletem também desafios para o sistema educacional. São 3 milhões de crianças e jovens de 4 a 17 anos fora das salas de aula, e que, por lei, deverão ser incluídos até este ano. O censo foi divulgado nessa semana pelo Ministério da Educação (MEC).

Acidentes

Sete pessoas ficaram feridas em acidentes registrados nesse domingo (27), em rodovias federais que cortam o Maranhão, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Em todo o feriadão – de sexta-feria (25) até domingo -, houve 11 acidentes.


Mortes

O Instituto Médico Legal (IML) da capital registrou, nesse feriadão, 16 corpos de vítimas de homicídios. De sexta-feira (25) até ontem (27), houve casos de assassinatos por arma branca, de fogo e espancamento.

Na sexta, deram entrada no IML dois corpos, que não foram identificados, dos bairros Maracanã e Maioba, além de outra vítima do município de Raposa,
identificada como Railson Pinheiro. Todos foram vítimas de arma branca. Ainda no primeiro dia do feriadão, um detento beneficiado com saída temporária foi morto por três criminosos que roubaram uma moto na MA-202, Estrada da Maioba, e efetuaram a execução na Pindoba. A vítima foi Valterlan Brito Morais, de 22 anos, que chegou a ser levado ao Hospital Municipal Dr. Clementino Moura (Socorrao II), mas não resistiu.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários