Poder / Política

Em Imperatriz, R$ 7 milhões serão gastos com gêneros alimentícios

A prestação de serviço é para atender as necessidades da Secretária de Saúde.

conceicao-madeira

Prefeito Sebastião Madeira e a primeira-dama

O Blog publicou, no último dia 11, a extravagância do Município de Imperatriz com gastos superiores a R$ 4 milhões com a aquisição de alimentos para a Secretária de Saúde-Semus (Reveja). Só que o desfalque financeiro ainda é bem maior.

Na segunda-feira (14), foram publicados mais dois extratos de contratos no Diário Oficial do Maranhão, que constatam a contratação de mais duas empresas para o fornecimento do mesmo serviço para atender a pasta comandada pela primeira-dama e secretária de Saúde do Município de Imperatriz, Conceição Madeira. Os valores das novas contratações chegam a R$ 2.826.119,10.

Ao todo, o Município bancou R$ 7.329.701,94 com aquisição de alimentos para atender as necessidades da sede da Semus  e suas coordenações.  A primeira remessa dos contratos foi assinada no dia 2 de fevereiro deste ano e a segunda nos dias 7 e 8 de fevereiro. Ou seja, em menos de uma semana a primeira-dama torrou mais de R$ 7 milhões.

Desta vez foram beneficiadas as empresas: J.da S. Costa Comércio (R$ 2.112.998,96) e R.CL. Gomes e Cia (R$ 713.120,14). Os contratos foram assinados pela primeira-dama. Confira:

imperatriz

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários