Poder

Ined recebe R$ 1,7 milhão do governo, não paga estagiários e ainda deixa de aviso prévio

Os funcionários estão há três meses sem receber salários.

IMG-20160118-WA0093

Mais de 200 estagiários da Secretária de Segurança Pública estão sem receber a bolsa-auxílio. O motivo é que a empresa responsável pelas contratações e, por sua vez, pelo pagamento do benefício e do vale-transporte, o Instituto Nacional de Ensino e Desenvolvimento – INED, de propriedade de Laiones da Silva Nascimento, recebeu verbas públicas do estado, mas não repassou aos funcionários.

“Nós estamos há três sem receber o salário e o vale transporte há mais tempo. Pois, quando houve o aumento da tarifa o Ined não nos repassou o valor corrigido, em agosto de 2015”, reclama um dos estagiários.

Além disso, todos os funcionários do Instituto já estão de aviso prévio, pois a empresa anunciou por meio de um ofício enviado a SSP que não poderia mais continuar prestando serviço para o órgão. No entanto, o Ined não pagou os valores atrasados. “Ligamos para a Secretaria de Segurança Pública para saber sobre o andamento do caso e eles só nos respondem que ‘o dinheiro não foi repassado’, ‘ainda está no RH’, ‘não tem recurso’. Durante três meses trabalhamos de graça”, afirma o estagiário.

Após o oficio enviado ao órgão público, o Ined emitiu uma circular informando o dia do fim do contrato dos funcionários. Segundo esse documento, os estagiários não irão mais trabalhar a partir de março.

De acordo com o Portal da Transparência, em dezembro de 2015, o proprietário do Instituto de Ensino, Laiones da Silva Nascimento, recebeu a quantia de R$ 274.692,20 da SSP. E durante seis meses foi repassado a empresa R$ 1.711.095,34 milhão.

laiones

IMG-20160225-WA0070


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Ined recebe R$ 1,7 milhão do governo, não paga estagiários e ainda deixa de aviso prévio”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. joao

    É um absurdo isso. O pior é que não há qualquer punição, qualquer um chega e mete a mão no dinheiro público e fica por isso mesmo.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários