Poder

Sarney permanece como aliado de primeira hora de Dilma

Governador Flávio Dino também demonstrou apoio ao Partido dos Trabalhadores.

Que ele é expert na política isso ninguém pode negar, mas pela segunda vez o ex-senador José Sarney (PMDB), deu demonstrações ao Partido dos Trabalhadores (PT), que é ‘aliado de primeira hora’, a exemplo do governador Flávio Dino, um dos responsáveis na articulação do PCdoB para barrar o processo de impeachment de Dilma Rousseff no Supremo Tribunal Federal.

A primeira demonstração foi com o ex-presidente Lula, quando esteve no olho do furacão e sempre teve o apoio declarado de Sarney. Na época Lula precisou de Sarney para contornar uma possível tentativa de impeachment gerado pelo mensalão, maior escândalo de corrupção do Brasil.

Desta vez, Sarney aparece colado com a presidente Dilma Rousseff (PT), na manhã desta sexta-feira (18), durante assinatura do decreto de criação da Zona Franca Verde, que retira o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

No PMDB Nacional, figuras impontares começam a se voltar contra o vice-presidente da República, Michel Temer, para evitar uma possível crise com o PT. Sarney juntamente com o presidente do Senado, Renan Calheiros, levantam a bandeira de que o PMDB tem que agir de forma democrática, inclusive, com escolha do líder do partido na Câmara Federal.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários