Poder

Ex-prefeito de Caixas é preso por não pagar pensão alimentícia

A prisão foi decretada pela Justiça de Brasília, pois ele devia cerca de R$ 290 mil.

Paulo Marinho

Por dever cerca de R$ 290 mil em pensão alimentícia,  ex- prefeito do município de Caxias e ex-deputado federal, Paulo Marinho foi preso pela Polícia Civil de Caxias, em cumprimento de um mandado de prisão preventiva expedido pela 4ª Vara de Família de Brasília, na tarde desta terça-feira(22).

A informação foi confirmada pelo  delegado regional de Caxias, Jair Paiva.

Ainda de acordo com a polícia, não é primeira vez que o ex-gestor é preso pelo mesmo motivo. Ele já responde vários processos na Justiça.

Paulo foi encaminhado para a delegacia regional de Caxias, onde serão realizados os procedimentos legais.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários