Poder

Justiça decreta nova prisão para Marcelo Odebrecht e mais 4

Grupo já está preso na carceragem da PF, em Curitiba, desde 19 de junho. Juiz considerou novas provas e fatos e encaminhou a decisão ao STJ.

Do G1

Marcelo Odebrecht já está preso (Foto: Piti Reali/AE)

Marcelo Odebrecht já está preso (Foto: Piti Reali/AE)

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância, decretou nova prisão preventiva para o presidente da Odebrecht S.A, Marcelo Odebrecht, e mais quatro ex-executivos da empreiteira.

O pedido para os novos mandados foi feito pelo Ministério Público Federal (MPF).

A decisão do juiz foi publicada por volta das 11h desta sexta-feira (24). Moro considerou novas provas e fatos e encaminhou a decisão aos ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Os cinco investigados, que estão presos desde junho, haviam entrado com pedido de habeas corpus (ação para garantir a liberdade), no STJ.

“Ocorre que, no curso das investigações, surgiram elementos supervenientes que reforçam a relação entre a Odebrecht e o pagamento de propinas no exterior”, declarou o juiz em um dos trechos da decisão. Segundo Moro, é importante que as Cortes onde os presos apresentam recursos conheçam as descobertas feitas pela polícia e pelo MPF.

Foram feitos pedidos de prisão para:

– Marcelo Bahia Odebrecht, presidente da holding Odebrecht S.A.
– Rogério Santos de Araújo, ex-diretor da Odebrecht
– Márcio Farias da Silva, ex-diretor da Odebrecht
– César Ramos Rocha, ex-diretor da Odebrecht
– Alexandrino de Salles Ramos de Alencar, ex-diretor da Odebrecht


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários