Poder

Grupo faz reféns funcionários de secretaria estadual em São Luís

Quadrilha iria assaltar agência dos Correios, no Shopping do Automóvel. Suspeitos invadiram secretaria de Minas e Energia para fugir da polícia.

Momento em que a Polícia Militar prendeu três suspeitos (Foto: Divulgação/PMMA)

Momento em que a Polícia Militar prendeu três suspeitos (Foto: Divulgação/PMMA)

Por mais de uma hora dois homens, integrantes de uma quadrilha de assaltantes, fizeram de reféns funcionários da Secretaria de Minas e Energia, na Avenida dos Holandeses, Calhau, em São Luís (MA), desde o fim da tarde desta terça-feira (19), segundo informações da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC).

Segundo o coronel da Polícia Militar Pedro Ribeiro, comandante do Policiamento Metropolitano I (CPAM-I), o Serviço de Inteligência da PM estava monitorando cinco homens, suspeitos de integrarem uma quadrilha especializada em assaltos, que estavam em um veículo roubado.

Reféns foram mantidos sob a mira dos bandidos por mais de uma hora (Foto:Rep/ TV Mirante)

Reféns foram mantidos sob a mira dos bandidos
por mais de uma hora (Foto:Rep/ TV Mirante)

O grupo armado saiu do bairro Vila Luizão e estava se preparando para assaltar a agência dos Correios do Shopping do Automóvel, quando foram abordados pelos policiais. Houve troca de tiros e três suspeitos acabaram presos. Os outros dois invadiram o Secretaria de Minas e Energia e fizeram funcionários de reféns.

Policiais militares e da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC) negociaram com os criminosos a liberação dos reféns. Uma das exigências feitas pelos suspeitos foi ter a presença da imprensa para acompanhar as negociações de rendição. Após uma hora de negociações, os dois bandidos se entregaram.

O delegado Marcos Affonso, titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV), foi um dos quatro delegados que participaram da negociação. Ele também revelou que o monitoramento dos suspeitos era parte de uma investigação.

“Eles pediram algumas coisas, nada fora do comum. Pediram a presença da imprensa, da família e eles se entregaram. Estávamos atrás deles por que sabíamos que iriam cometer um assalto até por causa das investigações que estavam sendo feitas. Nós conseguimos cercá-los e impedir que eles assaltassem o Correios do Shopping do Automóvel. Houve confronto e três deles foram presos”, afirmou.

Os suspeitos serão encaminhados para a Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos. A identidade dos homens ainda não foi liberada pela polícia, mas um deles seria foragido de Pedrinhas. (Do G1MA).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários