Poder

Deputado pede liberação de terminais para transportes alternativos

O deputado estadual Júnior Verde (PRB) destacou nesta quarta (06), durante sessão Plenária, a Indicação n. 312 solicitando a liberação das plataformas de embarque e desembarque dos terminais rodoviários do Estado para os transportes alternativos de linhas intermunicipais. O parlamentar é autor de outra proposição que modifica a Lei que regula esse serviço, apresentada em fevereiro deste ano através de emenda em conjunto com deputado estadual Max Barros, com o objetivo de melhorar a atividade.

“Quanto será que custa resolver os problemas do transporte alternativo no nosso Estado. O custo é a boa vontade”, disse Júnior Verde durante seu pronunciamento. O parlamentar lembrou que a infraestrutura para atender os usuários, em sua maioria trabalhadores, dos serviços de transportes alternativos intermunicipais, é inexistente. Não há terminais adequados para o embarque e desembarque de passageiros, local de espera ou de compra dos bilhetes, e rampas de acesso para atender deficientes e idosos.

“Tais suportes são necessários aos milhares de viajantes que circulam entre as cidades do Maranhão, proporcionando um mínimo de conforto e organização nos serviços prestados. Hoje, as condições de uso e de trabalho são degradantes, pondo em risco a integridade física e ferindo os direitos Constitucionais mais básicos dos cidadãos”, denunciou.

O Requerimento solicita a liberação das plataformas nas cidades que dispõem de Terminal Rodoviário Estadual, principalmente na região metropolitana de São Luís. “O quilômetro zero da BR-135 não é adequado para ser ponto de espera de passageiros e de vans, micro-ônibus e ônibus. A mudança deste local deve ocorrer em caráter de urgência, disponibilizando uma estrutura básica para acomodação dos usuários e dos trabalhadores do setor”, ressaltou.

Cooperativas de Transportes – Atendendo a uma solicitação das Cooperativas de Transportes Alternativos do Maranhão, Júnior Verde está empenhado em conseguir a aprovação das alterações propostas em Requerimento de sua autoria, hoje em fase análise da Comissão de Constituição e Justiça para posterior votação em plenário. As modificações incluem itens como a operacionalização, condições de trabalho e regulamentação da atividade, além da fiscalização e padronização dos veículos. “Vou acompanhar de perto a apreciação dessas alterações pelas comissões do legislativo estadual para que esse processo ocorra o mais célere possível. Eu e o deputado Max Barros vamos nos empenhar para unir os parlamentares em defesa desta importante atividade, que já é regulamentada em estados como Pará, Piauí e Rio Grande do Norte”, concluiu o parlamentar.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários