Poder

As relações de Roseana Sarney, Lobão e Paulo Roberto Costa

Delator da Lava-Jato e a relação com Roseana e Lobão.

A ex-governadora Roseana Sarney e o senador Edison Lobão provavelmente estão na lista dos 26 políticos que visitaram a sede da Petrobrás no Rio entre 2004 e 2014.

Registros da Petrobras mostram que 26 dos 48 políticos que são investigados no Supremo Tribunal Federal (STF) no âmbito da Operação Lava-Jato estiveram na estatal durante este período. Ao todo, cerca de 202 visitas foram registradas.

O mais requisitado pelos políticos foi o ex-diretor de Abastecimento, Paulo Roberto Costa, delator do esquema. Com o aval do ex-diretor, em 2014, Roseana assinou um decreto para fins de desapropriação e declarando de utilidade pública, uma área em Bacabeira de 20 km² em favor da Petrobrás.

Costa também afirma que o ex-ministro de Minas e Energia pediu pessoalmente a ele uma ajuda de R$ 1 milhão, além de outros R$ 2 milhões para a campanha de 2010 da então governadora do Estado.

Os dados sobre a movimentação na Petrobrás têm o objetivo de reforçar o teor das acusações feitas nas delações premiadas, principalmente a de Paulo Roberto Costa.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários