Poder

Sinfra pode pagar R$ 30 milhões a construtora no apagar das luzes

i

Com a saída de Luis Fernando Silva da Secretaria de Estado de Infraestrutura, o jogo de beneficies vem acontecendo a todo vapor e chamou atenção do órgão de controles internos da administração pública.

Comenta-se que o subsecretário de Estado de Infraestrutura, Antônio Garrido, pai da ex-chefe da Casa Civill, Anna Grazielle, estaria articulando em favor de uma construtora.

A empresa ganharia um contrato de R$ 30 milhões no apagar das luzes para presta serviços de terraplenagem em uma obra do estado. Embora a mudança de governador ocorra daqui há 16 dias.

A obra que refere-se a concorrência 34 foi barrado pelo Tribunsl de Contas do Estado (TCE-MA), que deu uma liminar cancelando a licitação por falha documental da empresa.

Mesmo com o parecer técnico do TCE, membros da Sinfra se movimentam para beneficiar uma construtora que sequer agrega os requisitos e parâmetros para ganhar as cifras milionárias do agora governo Arnaldo Melo.

A Procuradoria tem que combater a prática em fim de mandato, de secretários de estado, que fazem pagamentos estratorfericos ou fecham contratos nos últimos dias da gestão no apagar das luzes.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Sinfra pode pagar R$ 30 milhões a construtora no apagar das luzes”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. joao

    Tem que botar esse bandido pede-chinele do Garrido e do seu chefe da SINFRA Ze Raimundo que sabe de tudo isso, na cadeia !

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários