Poder

Lei da Ficha Limpa barrou número expressivo de candidatos a deputado estadual e federal no MA

O Tribunal Regional Eleitoral já iniciou desde as últimas eleições uma varredura e barrou um número expresivo de candidatos a deputado estadual e federal com base na Lei da Ficha Limpa.

Nas eleições minuciosos de 2012, a Lei fui utilizada para barrar candidatos, já que foi Sancionada em 2010 com a nova regra das Inelegibilidades aumentando as dificuldades de concorrer.

Rejeição de contas, improbidade e condenações criminais foram os crimes que mais motivaram o veto a candidaturas.

Entre outros pontos, determina a inelegibilidade por oito anos de políticos condenados criminalmente por órgão colegiado (mais de um juiz), dos cassados ou dos que renunciaram para evitar cassação.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários