Poder

Edivaldo Júnior: o plano de omissão

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, ficou mal visto dentro da Câmara de Vereadores. Ele simplesmente enviou um plano de omissão ao parlamento que trata da concessão do transporte colocada para 35 anos beneficia apenas os empresários.

Ocorre que a gestão de Holanda está sendo omissa quando se trata de transporte coletivo, assunto que já vem rolando desde as administrações passadas e requer urgência.

Leigo em gestão pública, Edivaldo Júnior deveria implantar efetivamente uma politica de mobilidade urbana na cidade que garanta nesse processo de licitação dos transportes um resultado social real, é urgente. Mas, é algo que ele não faz.

A Prefeitura de São Luís não cumpre o plano nacional de mobilidade urbana, quando não instaura o plano municipal, quando não licita os transportes com um projeto de lei consistente.

Em determinados momentos, as falhas técnicas do projeto de Edivaldo Júnior chega a contradições como – por exemplo -, precisa ter o plano municipal de mobilidade, que não existe. Ele delega a competência estrita do município em relação ao sistema e coloca em aberto para terceiros, sendo que isso é inconstitucional.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

4 comentários em “Edivaldo Júnior: o plano de omissão”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Rodrigo

    Vai perder meu voto por causa dessa omissão… ele prometeu melhorar o transporte coletivo e até agora nada….

  2. Paulo

    Ate hoje a ICN ainda não pagou 2 meses de salários do servidores que prestao serviços a SEMUS a icn alega a falta de repasse da prefeitura. Agora resta saber que está falando a verdade. Neto da umuma averiguada
    ai. E divulga no blog

  3. Raimundo

    Isso não é Nada perto do repasse do SUS que esta atrasado à 2 meses. A verba que cai até o dia 15 de cada mês, não caiu este mês devido,segundo a secretária afirmar que NÃO TEM ou NÃO CAIU O DINHEIRO…Agora, o mais engraçado disto tudo, é saber que o Ministério da Saúde repassou a verba corretamente …quem não repassou para os funcionários foi a SEMUS… resta saber o que fizeram com o dinheiro… Ou se estão esperando ter uma denúncia ao Ministério da Saúde para poder pagar os funcionários….

    ESSA FOI A MUDANÇA, ESSA FOI A MELHORA…. A DESVALORIZAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS!

    E SE CONTINUAR ASSIM, ESSE PREFEITO NÃO TERÁ SEGUNDO TURNO

  4. Asyiah

    Ei Maria da Penha, bota a foto do grande ledder de Pae7o do Lumiar, o Policial Professor Prefeito Josemar. Tu tens que aodarr o nosso rei Josemar. c9 melhor tu colocar, olha o Dr. Bruno na tua cola. KKKKKKKKKKKKKK

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários