Poder

Alberto Youssef volta a depor à Justiça Federal

Do G1

Alberto Youssef, preso no Maranhão, foi personagem-chave em outras investigações feitas pela Polícia Federal sobre lavagem de dinheiro, que resultaram em operações como a Anaconda.

Alberto Youssef, preso no Maranhão, foi personagem-chave em outras investigações feitas pela Polícia Federal sobre lavagem de dinheiro, que resultaram em operações como a Anaconda.

O doleiro Alberto Youssef prestou mais um depoimento à Justiça Federal em Curitiba nesta segunda-feira (10). Esta foi a primeira vez que Youssef depôs à Justiça depois de ter recebido alta da UTI coronariana na qual foi hospitalizado ao passar mal na carceragem da Polícia Federal (PF), onde está preso desde março.

Ele foi o primeiro de quatro réus de processo originado da Operação Lava Jato a depor. A audiência ocorreu a portas fechadas nesta tarde. Carlos Habib Chater, Ediel Viana da Silva e Carlos Alberto Pereira da Costa também participaram da audiência. Os quatro respondem neste processo por lavagem ou ocultação de bens oriundos de corrupção, e por crimes praticados contra a Administração.

Segundo o advogado Tracy Reinaldet, Youssef falou nesta segunda sobre investimentos feitos em uma empresa chamada Dunel, sediada em Londrina, por parte do ex-deputado José Janene. “Na verdade o Alberto Youssef operava junto com o ex-deputado José Janene, então o investimento não era dele propriamente dito, mas ele operacionalizou esse investimento para o deputado Janene”, disse o advogado. Ainda segundo Reinaldet, Youssef não era sócio de Janene nestes investimentos. “Nunca teve a participação que o Ministério Público quis atribuir a ele nesta denúncia. Então, nesse sentido a denúncia é fraca”, concluiu.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários