Poder

Prefeito descumpre lei e persegue educadores de Presidente Sarney

A verdadeira perseguição política motivou 120 professores da rede municipal de ensino do município de Presidente Sarney, a estarem desde o dia 21 de agosto, em greve geral.

Apontado como péssimo gestor, o prefeito tem se recusado a cumprir o Plano de cargos e salários dos educadores, além disso, ainda se recusa a negociar com a categoria.

A paralisação das atividades vem prejudicando os estudantes do ensino fundamental. Os professores paralisaram devido a lei que trata sobre o Plano de Cargos ter vigorado há dois anos.

Mesmo diante do esforço diario que tem um professor, o gestor de Presidente Sarney não reconhece a importância para o município, respeitada e desvalorizando os professores.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários