Poder

Arruda desiste de disputar governo do DF

Com o registro barrado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com base na Lei da Ficha Limpa, o ex-governador José Roberto Arruda decidiu neste sábado (13) renunciar à candidatura ao governo do Distrito Federal pelo Partido da República (PR). Ele será substituído pelo vice na chapa, Jofran Frejat (PR). A mulher do ex-governador, Flávia Peres (PR), foi escolhida a nova vice.

Arruda marcou uma coletiva de imprensa na sede do partido em Brasília para anunciar a decisão. Ele disse que nos últimos meses viveu “uma linda história de amor” com as pessoas “humildes” da cidade. E que este é, “provavelmente”, o momento “derradeiro” da vida política dele.

Ele disse ainda que tomou a decisão de renunciar em reunião nesta manhã com o senador e candidato à reeleição pelo PTB, Gim Argello, e com o ex-governador do Distrito Federal Joaquim Roriz.

“Eu queria pedir licença aos meus amigos para dizer em primeiro lugar que nos últimos meses e sobretudo nos últimos dias eu vivi uma linda história de amor. E essa história de amor é uma relação íntima, de alma, que eu tive a chance de ter com cada pessoa humilde desta cidade. O meu reencontro com a população de Brasília não vai nunca mais sair da minha alma. E eu quero neste momento, provavelmente o derradeiro da minha vida pública, agradecer a cada um”, afirmou.

Arruda disse que deixou a candidatura após sucessivas decisões da Justiça desfavoráveis a ele. O ex-candidato citou recurso que sua defesa protocolou no Supremo Tribunal Federal que vai ser analisado pela ministra Rosa Weber. Ele lembrou que, no TSE, a ministra já havia se posicionado contra a legalidade da candidatura. ( Do G1 DF ).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários