Poder

Professores realizam protesto em frente a UFMA

Alunos em apoio aos professores da rede municipal de São Luis

Alunos em apoio aos professores da rede municipal de São Luis

Na manhã desta quarta-feira (06) professores da rede municipal de São Luís, realizaram mais uma manifestação. Dessa vez o ato aconteceu em frente a UFMA, em defesa de seus direitos. Os mesmos estão em greve desde o dia 22 de maio.

O ato que está sendo realizado na área do Itaqui Bacanga e no KM 15 – Maracanã, recebeu apoio de estudantes e moradores da comunidade.

O motivo é contra a cobrança do Ministério Público (MP) ao retorno das aulas. Vale lembrar que, o número de professores em greve chega a 80% e o demais estão indo as escolas por medo.

Em defesa, a promotora de justiça lembra que a greve foi decretada ilegal pelo Tribunal de Justiça do Maranhão. “Da decretação da greve até a presente data foram transcorridos mais de 70 dias de paralisação (contando o período de férias devidamente gozadas e remuneradas), causando prejuízos incalculáveis aos alunos, tendo seus direitos à educação cerceados, pois correm o risco de perda do ano letivo ou a supressão de seus períodos de lazer, pela eventual necessidade de utilização de finais de semana ou férias para a reposição das aulas perdidas”, afirmou Luciane Belo.

A manifestação poderá durar até as 13:00 horas e por fim, uma assembleia para novas decisões a serem tomadas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

11 comentários em “Professores realizam protesto em frente a UFMA”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Carabino Tiro Certo

    Esses preofessores não querem não trabalhar. E ainda envolvem os alunos nessa pataguada. Quanto falta de sensibilidade por parte desses profissionais. Se eu fosse da semed, já tinha mandado embora quem não quer não trabalhar. Se converando eles não entendem, tá na hora de tomar uma atitude mais radical.

  2. Jaqueline Melo

    Protesto contra a decisão do Ministério Público? Essa é boa! Esses professores tem que voltar a trabalhar, isso sim, pois eles estão recebendo seus salários. Eu se não for ao trabalho, não recebo pagamento.

  3. Rogério

    3% é pra guardar obreiro paras as campanhas eleitorais. o dinheiro estar sendo repassado para a prefeitura, mas os nossos administradores estão surrapilhando dinheiro público. A greve contínua. E quando você não conhece a realidade não profira juízo.

  4. Judson

    É ilegal, é fora de propósito, é um absurdo! Lugar de criança é na escola! E com professor lá para dar as aulas!

  5. Alberto

    A partir do momento que uma manifestação desse tipo é considerada ilegal, não faz sentido continuar. é muito tempo paralisado!

  6. Luciana Freire

    Eu tenho total ciencia da situação! Sei que esse sindicato é totalmente partidário. Que o objetivo único ali é ascender politicamente em um futuro proximo, após sustentar por um bom tempo, o discurso de qualquer politico carniceiro la dentro. Palhaçada!

  7. Licia Boas

    Esses professores estão bem, fora a faixa com “exijimos” agora são várias outras p ser utilizados nos seus protestos. rapaz, sei não.. tem professor fazendo greve p querer mais dinheiro 20% de aumento, mas tem condição de comprar faixas, fazer blusas e elaborar praticamente um comicio em suas manifestações…. sei nao isso é politicagem.

  8. Vera Lúcia

    Ridiculo envolver as crianças nisso, além de prejudica-las ainda estão manipulando. Um filho meu eu não deixava.

  9. Jorge Soeiro

    Bando de baderneiros isso sim. Estão desrespeitando a própria justiça. Para mim ñ são bons exemplos em nada. Só estão pensando no próprio umbigo e deixando milhares de crianças sem aulas e famílias preocupadas com a educação de seus filhos. Bando de egoístas. Deixo aqui o meu protesto e a minha revolta.

  10. elizabeth

    sério isso? estavam usando os alunos pra manifestar por eles? eu vejo isso e vai ver que são os alunos que dão aula por eles tambem. esses alunos ja foram prejudicados demais por essa greve e ainda são expostos desse jeito

  11. Lucinda Viegas

    Somente baixaria esse movimento desses professores, descumprindo a justiça e prejudicando muitos alunos. Se estão insatisfeito com a sua profissão, melhor procurar outra ou passar em concurso para auditor fiscal.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários