Poder

Prefeito de Imperatriz persegue professores em greve

Por falta de salário professores de Imperatriz estão vivendo de doações.

Prefeito Sebastião Madeira.

Prefeito Sebastião Madeira.

Os professores de Imperatriz já chegam a mais de 70 dias em greve, cobrando do prefeito Sebastião Madeira que solucione o problema que afeta os imperatrizenses e a dignidade dos proferes.

A greve dos professores começou no mês de maio. A principal exigência é a campanha salarial de 2014, um vale tíquete de alimentação de R$ 230 e o plano de carreira, que está há mais de 10 anos desatualizado.

Como forma de retaliação ao movimento grevista, o prefeito mandou cortar o salário dos professores, que estão vivendo a base de doações.

Pelo visto, Madeira ainda vive na época do coronelismo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Prefeito de Imperatriz persegue professores em greve”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. REPÓRTER DO BONDE

    UM PREFEITECO MADEIRETE É DO MAU,E NUNCA MAIS VAI SE ELEGER. O CABRA É MALA! MAS OS PROFESSORES NÃO DEIXARÃO BARATO! RESPEITE NOSSOS MESTRES SEU INFELIZ.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários