Poder

Polícia Militar: o despreparo e a incapacidade de planejamento

Viaturas da Rotam.

Viaturas da Rotam.

A incapacidade de coordenar operações um dia resultaria em mortes, sendo de bandidos ou até de pai de família. Foi o caso do sargento Benedito Gomes de Lima Filho, fuzilado neste domingo (06), por quem deveria fazer a proteção: policiais da Ronda Tática Móvel (Rotam).

No Maranhão, o índice de homicídios tem aumentando de forma surpreendente pela inoperância e falta de planejamento das operações que deveriam servir para coibir a criminalidade. Mas, não é o que tem acontecido.

Embora a Polícia Militar do Maranhão lamente a morte, ocorrida durante operação policial de rotina, na Avenida Daniel de La Touche, em São Luís, e ressalte que o caso está sendo investigado, não é suficiente e nem trará a vida do sargento de volta.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Polícia Militar: o despreparo e a incapacidade de planejamento”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Paulo Katolo

    Muito pouco inteligente essa sua postagem… Você é formador de opinião. Espera as investigações antes de julgar antecipadamente… Esse é um caso complexo. Outros fatos podem surgir no decorrer da investigação… Mas me diga uma coisa você é formado em jornalismo?

  2. Roberto

    Não concordo quando falam que a policia esta despreparada para atua em certas ocorrências. Devemos levar em consideração que a policia trabalha com um efetivo abaixo do que seria necessário para trabalhar na capital. São Luis cresceu muito, já o seu efetivo não acompanhou o crescimento de nossa capital. Hoje eles trabalhão cm esse pouco efetivo para atuar em toda área de São Luis e demais municípios, mesmo com todo planejamento, e muito difícil a policia esta em todo lugar para evitar roubos, assaltos e mortes.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários