Poder

Tarifas R$ 0,30 mais caras serão cobradas a partir deste domingo (8)

O Imparcial

O reajuste nos valores das passagens de ônibus em São Luís em R$ 0,30 para todos os níveis passa a valer a partir da zero hora deste domingo (8). A informação foi confirmada pelo secretário municipal de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, em entrevista ao G1. Barros também confirmou o fim da ‘Domingueira’ (meia-passagem para todos aos domingos).

“Tínhamos três linhas que poderíamos seguir: ou o município subsidiava os empresários com R$ 7,4 milhões, que foram os custos operacionais, ou deixava o sistema parado, ou concedia o reajuste da tarifa. O sindicato dos empresários queria o reajuste de R$ 0,70. Nós conseguimos negociar em R$ 0,30. A prefeitura não tem condições de bancar esse subsídio. As discussões precisavam avançar. O resto vamos buscar na recuperação, no equilíbrio do sistema, com combate à fraude”, afirmou Canindé Barros.

A decisão de reajustar as tarifas de ônibus foi tomada na sexta-feira (6), durante reunião de conciliação mediada pelo Tribunal Regional do Trabalho no Maranhão (TRT-MA) entre Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Maranhão (Sttrema), Sindicato das Empresas de Transporte (SET) e Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT). A Justiça também determinou o reajuste salarial de 7,8%, além do vale-alimentação, em 9,6%.

“Afirmamos que não haveria aumento, mas foi melhor adotar essa postura do que deixar a população continuar sendo explorada com táxi e mototáxi, que nesses dias de greve cobraram valores absurdos”, concluiu Barros.

Em entrevista à rádio Mirante AM, o secretário jurídico do sindicato dos rodoviários, José Rodrigues, afirmou que não foi proposto nenhum reajuste nos valores das tarifas de ônibus pela categoria. A reivindicação deles dizia respeito ao reajuste salarial e do vale-alimentação.

Já a promotora do Consumidor, Lítia Cavalcante, esclareceu, também em entrevista à rádio Mirante AM, que a ação de execução proposta pelo Ministério Público e acatada pela Justiça nada tem a ver com o reajuste nas tarifas anunciado pela Secretaria de Trânsito e Transportes de São Luís. “Tenho observado que eles têm utilizado a ação do Ministério Público para justificar, de forma covarde, esse reajuste. O que foi proposto foi a licitação do transporte público. No nosso TAC, inclusive na ação, consta um parágrafo em que fala exatamente que não havia condições de haver aumento, pois o sistema está sucateado. Isso é uma mentira deslavada”, disparou.

Novos valores

Com o aumento de R$ 0,30, as passagens mais baratas deixam de custar R$ 1,30 e passam a R$ 1,60 (+23%). As que antes eram cobradas por R$ 1,60, passam a ser R$ 1,90 (+18,75%). As mais caras saem dos R$ 2,10 e ficam em R$ 2,40 (+14,2%). Além disso, as empresas de ônibus terão que colocar nas ruas 250 ônibus novos, até janeiro de 2015. Mais 250 até meados de 2015. O objetivo é justificar aos usuários o aumento nos preços das passagens.

“O reajuste mesmo será no salário e no vale-alimentação. Em valores númericos, os salários passam para R$ 1,4 mil e o vale para R$ 400, para os motoristas. Para o cobrador, um pouco mais de R$ 800, assim como para fiscais, a partir do mês de maio”, afirmou o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Gilson Coimbra.

Nesta sexta-feira (6), a Justiça acolheu a ação de execução proposta pelo Ministério Público na 4ª Vara da Fazenda Pública contra a Prefeitura de São Luís para o cumprimento de acordo que determinou o equilíbrio econômico-financeiro do Sistema de Transporte Coletivo.

Na execução, o MPMA requereu à Justiça que o município de São Luís seja obrigado a promover o equilíbrio econômico-financeiro do sistema de transporte Coletivo, mediante o repasse, até o dia 5 de cada mês, do prejuízo, a ser apurado mensalmente pelo Sindicato das Empresas de Transporte (SET) e Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT).

O Ministério Público pede que a Prefeitura de São Luís promova a imediata deflagração do processo licitatório das linhas de transporte urbano, além da adoção de medidas para combater as fraudes ocorridas pelo uso ilícito do cartão de transporte de passageiros não inclusos no benefício.

Em entrevista coletiva realizada nesta manhã, a promotora do Consumidor, Lítia Cavalcante afirmou que todos os prazos dados à prefeitura são imediatos. “Cabe multa de R$ 20 mil por dia em caso de descumprimento, além de outros recursos que podem ser utilizados no momento adequado. Não há prazos númericos ainda, mas todos serão imediatos”, declarou.

A greve dos rodoviários chegou ao fim em São Luís após 16 dias, nessa sexta-feira (6). O movimento foi iniciado no dia 22 de maio quando, apesar da mediação do Ministério Público do Trabalho (MPT-MA), não houve consenso sobre o percentual de reajuste solicitado pelos trabalhadores, que inicialmente era é 16% e chegou a caiu para 9%.

Durante reunião realizada na terça-feira (3), os rodoviários decidiram cumprir a determinação da Justiça do Trabalho e voltar disponibilizar 70% da frota, que havia sido retirada totalmente das ruas no dia 27. Além do retorno parcial às ruas, os trabalhadores aprovaram a proposta de um reajuste inicial de 7% em seus vencimentos e que não teriam descontados os dias em que paralisaram completamente as atividades


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

21 comentários em “Tarifas R$ 0,30 mais caras serão cobradas a partir deste domingo (8)”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. André Ribeiro

    eu vou cobrar é o EMPRESARIADO do transporte público!É nas maos destes bandidos que está todo o dinheiro da populacao sem nenhuma melhoria nos onibus!todo ano é a mesma briga! pelo menos agora a Justiça apertou eles e vao ter que melhorar a frota! Eu quero ver Taguatur chorando em 2015 com empresas mil vezes melhores que ela ganhando a licitação para fazer o serviço de coletivos na cidade kkkkkkk eu vou RIR ALTO

  2. Sou Rodoviario

    Vamos falar a real: se nao aumentassem essas tarifas agora, nunca iriam poder investir em novos onibus… se a Justiça mandou. os empreesarios vao ter que arcar!Rodoviarios sao mera massa de manobra em todas essas greves! quem determina esses onibus caindo aos pedacos sao os empresarios.. .eu sei disso por que dentro do set licitação é palavrao! para os empresarios eles sao insubstituiveis na administracao do transporte publico de sao luis…

  3. Reginaldo

    Nessas horas todo mundo tira o corpo fora mas quem enriquece sao mesmo os empresarios e quem anda nas latas velhas somos nós, o povo! Achei foi certo a justiça e a prefeitura exigirem onibus novos!

  4. Beatriz

    é disso que estou falando, o aumento da passagem se deve por decisão na justiça e o prefeito não ia aceitar um aumento assim sem ter garantia de retorno a população. Pra mim eles tiveram coragem de enfrentar isso tudo e não dar de mãos beijadas e cheio de grana para os empresários.

  5. José João Macedo

    Estamos em plena inflação,tudo subiu:cerveja,cigarro,entrada para as festas,alimentos etc.,porque o transporte não pode subir?não venham com essa de quebrar ônibus!!porque não quebram os bares,onde na litorânea quatro pedaços de peixe custa $$45,00?? e a cerveja?nin guem reclama!!Não tenho Ônibus nem de brinquedo,devo ter tido quando criança.Tem coisa mais cara que almoçar fora em São Luís?nunca ví um restaurante quebrado.Ah! mas o pobre não vai à restaurante..mas toma cerveja e cachaça que também subiu.As “garotas”?essas mesmo não sendo “profissionais” só querem roupas de shopping,tô mentindo?

  6. Luís Correa

    Concordo com o reajuste, sempre comentei isso com o pessoal da faculdade, porque tudo está inflacionado, e que não me oporia ao aumento da tarifa, porque acredito que uma maior receita permitirá investimento na frota e nos serviços. Porém teremos que fiscalizar e cobrar isso.

  7. Daiana

    O povo tava sem onibus e tava reclamando, agora que els vão voltar e que há um acordo de renovação da frota, licitação e melhorias na frota o povo continua reclamando? não entendo. Se for pra aumentar 30 centavos, mas melhorar os onibus eu não me importo.

  8. Marília Sanches

    As vezes pra se ter algo melhor, é preciso investir. Todo mundo quer as coisas boas, mas ninguém quer fazer por onde. Gente, são só 0,30, que farão diferença quando recebermos novos ônibus. Temos que agradece que a prefeitura soube fazer uma negociação que fosse mais viável para população. Tem gente que está reclamando por aí, como se fosse a pior coisa do mundo! E essa mesma pessoa, geralmente gasta bem mais por aí com coisas fúteis, que não lhe daram nenhum benefício a longo prazo.

  9. Julia

    Depois de muitas negociações, a Prefeitura como entidade conciliatória entre Empresários e Rodoviários, assinou um novo acordo que regulamenta o transporte público de São Luís, defendendo o reajuste dentro de uma realidade econômica possível e não cedeu a ganancia dos empresários. A partir de agora a passagem custa R$2,40, mas, em contrapartida, a Prefeitura exigiu a troca da frota, umas das principais reivindicações dos usuários do serviço.

  10. Ricardo

    Decisão coerente da prefeitura, que mostrou pensar principalmente nos benefícios para a população. O reajuste foi concedido através de um acordo judicial, mas o prefeito buscou um valor que estivesse dentro da realidade econômica d população ludovicense. E ainda exigiu a renovação da frota, no acordo foi decidido que 250 novos ônibus seriam colocados nas ruas nos próximos seis meses e mais 300 para 2015. E a prefeitura, assim, encerrou com o subsídio mensal de R$ 2 milhões.

  11. Amanda

    É isso ai, melhorias para a população no setor de transporte coletivo é o que nos mais queremos, e a prefeitura é ciente disso. Por isso o prefeito sempre intermediou as negociações propondo mudanças que beneficiasse o povo. E acertou!

  12. Silmara

    A tarifa atual de São Luís é a 9ª mais barata entre todas as capitais brasileiras. O que falta é a vergonha na cara desses empresários que não renovam a frota da capital. Mercenários!

  13. REPÓRTER DO BONDE

    CRIEM VERGONHA MAFIOSOS DOS TRANSPORTES,SINDICALISTAS PROPINEIROS,MP VEDETAO,TRT INEFICAZ,QUE NINGUÉM RESPEITA,EM SUAS DECISÕES. ENFIM UMA VERGONHA ESSA NEGOCIAÇÃO COM ESSES INFELIZES GREVISTA FORA DA LEI,QUE JÁ DEVERIAM ESTAR PRESOS. POR ULTIMO AONDE MESMO ESTÁ A NOSSA PF,QUE NÃO PUNE SEUS MEMBROS,COMO VAI PUNIR ESSES MAFIOSOS EMPRESÁRIOS E SINDICALISTAS DE SÃO LUÍS. E O POVO VAI TOMAR BEM NO

  14. Helena

    Concordo com esse revoltado acima que diz que estes empresários são mafiosos. O infeliz do Castelo que assinou em 2010 essa maldita TAC que acarretou o aumento das passagens. Não quero nem saber, mas vou cobrara desses empresários os onibus novos.

  15. Cesar

    Os empresarios deveriam ter vergonha em dizer que estão quebrados e jogando a culpa toma pra cima da prefeitura, eles sempre acham uma desculpa para sugarem mais dinheiro, esse negocia é muito é lucrativo pra eles, pergunta qual deles quer largar o osso. Eles tem que colocar frotas novas nas ruas. O que mais tem nesse pais são empresas de onibus interessadas e com onibus mil vezes melhores do que esses que rodam ai.

  16. Maria Antônia

    É óbvio que tudo está mais caro e inflancionado, até entendo o reajuste, porque nas outras capitais a tarifa é mais alta. No entanto, o serviço precisa acompanhar esse aumento. Chega de nós usuários sofremos tanto. Conto com o esforço da Smtt fiscalizar o que foi prometido no acordo. Já nós a população temos que cobrar essas melhorias.

  17. Joana Clemente

    A culpa por tal aumento é dessa escória de empresários bandidos! Por causa deles, somos reféns de viver, uma vez ao ano, greves interminavéis. Se não fosse por Edivaldo, esse aumento seria ainda maior, e, quem sabe, essa greve poderia não ter terminado. Que as melhorias possam vim e que a Justiça faça se valer, cobrando deles o acordo que foi firmado diante deles.

  18. Rafael

    Em Belem e Maceió a passagem de transporte coletivo sofreu aumento mas a frota não foi modificada. Em São Luís, a frota será renovada como nenhuma outra gestão municipal foi capaz de fazer. Os empresarios queriam que a tarifa chegasse a 2,79 , o prefeito, em respeito a população de São Luís, exigiu que o valor não ultrapassasse de 2,40.

  19. Saulo Medina

    Tudo aumentou nos últimos anos, tudo continua aumentando dia após dia! Era até injustificada a manutenção dessa tarifa. Uma hora essa “batata quente” assaria na mão de alguém. E que bom que assou na mão de alguém que pensa com carinho na população e não permitiu abusos contra o povo…

  20. talisson

    rapaz, 30 centavos é o menor que a prefeitura negociou e isso a gente deve lembrar que foi determinação do MP pqpela prefeitura nao aumentaria. esses empresários sanguessugas que tanto fizeram e consegiram onerar a passagem para a população. lascou tudo.

  21. Salomão Silva

    A galera ta reclamando, só por que ainda não viu as melhorias acontecerem, gente, tudo isso foi uma ordem judicial, e tem prazo pra que aconteça fiquem calmos, acho que vai valer muito a pena.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários