Poder

Prefeito cria ‘ditadura’ em Penalva

Os professores da rede municipal da cidade de Penalva estão vivenciado um clima de ditadura protagonizado pelo prefeito Edmilson de Jesus Viegas Reis.

Não muito satisfeito com a greve dos professores (reveja), Viegas mostrou o lado ditador e descontou do contracheques dos educadores um valor absurdo pelos dias não trabalhados. O valor retirado varia de R$ 484,00 a R$ 564,00.

Para reivindicar os abusos cometidos pelo gestor, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SINDSEMPE), vem lutando a favor da categoria pelo aumento de 8,32% do piso salarial, conforme determina a Lei nº 11.738/2008.

A greve que completou mais de 1 mês, teve inicio em assembleia do dia 12 de maio por tempo indeterminado. Abaixo imagens dos contracheques com descontos:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários