Poder

Vereador estaria comprando votos para garantir reeleição na Presidência da Câmara de Tuntum

Mais uma vez a cidade de Tuntum assiste a uma agressão a inteligência das pessoas de bem da cidade patrocinada pela inexpressiva Câmara de Vereadores e a próxima eleição da sua mesa diretora.

Comandada nos últimos dois anos pelo demolidor da Língua Portuguesa, Nelson do Nanxi, o poder legislativo de Tuntum acabou se tornando um balcão de negócio nos últimos dias com a compra de votos da maioria dos vereadores para reeleger o chamado “tratorzão da Mucura” como é conhecido nas rodas de conversa o inusitado presidente atual para continuar mandando na triste casa legislativa tuntuense.

O preço do voto

Segundo informações colhidas diretamente de Tuntum, o demolidor da Língua Portuguesa, Nelson do Nanxi, tem oferecido as claras para os vereadores nada menos que bagatela de 30.000,00(trinta mil reias) para quem votar nele, seja de oposição ou situação é o que se comenta na cidade nos últimos dias.

A eminência parda

Outra informação que chega de Tuntum diz respeito a participação do ex-vereador e ex-presidente da Câmara de Tuntum, Josinaldo Bílio(inelegível), na construção da reeleição do “tratorzão da mucura” hoje(14). Bílio, é um tipo de eminência parda da política de Tuntum, nestes últimos 20 anos, um político sem escrúpulos, que para se manter no poder, joga com as armas que tem. E ter o Nelson do Nanxi mais dois anos a frente da Câmara de Vereadores de Tuntum é uma vitória da astúcia de Josinaldo Bílio que pensa ser prefeito da cidade logo.

O Ministério Público

Como a eleição da Câmara de Vereadores de Tuntum na manhã de hoje(14) é matéria de interesse público, o Ministério Público deveria investigar a veracidade da compra de votos dos vereadores pelo presidente atual e protocolar uma ação civil pública no juizado impedindo a realização do pleito até a conclusão das investigações.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários