Poder

Prefeitos da Grande Ilha vão cobrar apoio de Roseana Sarney

Gestores apresentarão a governadora levantamento dos estragos causados pelas chuvas nos municípios de Ribamar, São Luís, Raposa e Paço.

Prefeitos dos municípios de São José de Ribamar, São Luís, Paço do Lumiar e Raposa irão apresentar à governadora Roseana Sarney (PMDB) levantamento completo sobre os estragos causados pelas fortes chuvas nas suas respectivas cidades. O objetivo é estabelecer um canal de diálogo e formalizar, em caráter emergencial, parcerias no sentido de recuperar a infraestrutura das regiões mais atingidas.

A reunião entre os gestores foi proposta pelo prefeito ribamarense Gil Cutrim (PMDB) e deve acontecer já no início da próxima semana. Esta semana, Cutrim, em

função dos problemas ocasionados pelos temporais, decretou estado de emergência em São José de Ribamar por um período de 60 dias. O prejuízo causado aos cofres públicos municipais, devido aos danos causados à infraestrutura dos bairros, já chega ultrapassou a casa dos R$ 10 milhões, de acordo com Cutrim.

“Já contatei os prefeitos Edivaldo, Clodomir e Josemar e cada um deles já está preparando seus respectivos levantamentos de danos. Em São José de Ribamar, nosso levantamento, contendo inclusive registros fotográficos das áreas mais atingidas, já está pronto. Bairros de todas as regiões da cidade foram duramente castigados pelas fortes chuvas que continuam caindo”, afirmou o prefeito, que também é presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem).

De acordo com ele, os principais problemas dizem respeito ao desmoronamento de trechos de avenidas, ruas, obras de drenagem, residências e pontes, situação que está dificultando a vida do cidadão e impedindo o trânsito de pedestres, veículos e do transporte coletivo, por exemplo.

Nesta sexta-feira (23), o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) também decretará estado de emergência em São Luís.

Na avaliação de Gil Cutrim, é necessário que o Governo do Estado e o próprio Governo Federal, entes mais fortes financeiramente, ajudem os municípios da Ilha afetados pelas chuvas. “Também iremos provocar a União no sentido de auxiliar os municípios neste momento de dificuldade”, finalizou o prefeito.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários