Poder

Tribunal de Contas da União encontra diversas irregularidades na BR-222

Desde 2008 a rodovia vem passando por obras de reforma e manutenção.Dnit informa que está tomando providências para resolver os problemas.

O Tribunal de Contas da União encontrou diversas irregularidades na BR-222, uma das principais rodovias federais que cortam o Maranhão. Desde 2008 a rodovia vem passando por obras de reforma e manutenção, mas ainda há muitos trechos cheios de buracos.

A rodovia está cheia de buracos por todos os lados. Entre Buriticupu e Açailândia, um buraco que surgiu bem no meio da pista está engolindo o asfalto. No trecho que passa em Santa Inês, a
situação também não é das melhores. A cada quilometro percorrido é possível se deparar com um lugar pior do que o outro.

Em alguns trechos os buracos medem cerca de trinta centímetros, o que se torna uma armadilha para os motoristas. Foi o que aconteceu com Braz Antônio. O carro que dele bateu em um desses buracos e teve dois pneus estourados.

No último fim de semana este caminhão tombou quando motorista parou no acostamento. Segundo ele, de repente os pneus começaram afundar no asfalto. O caminhoneiro pretende entrar na Justiça. “Sonora”.

Em muitos locais da rodovia é possível encontrar pedaços de pneus deixados durante as batidas nos buracos. Para escapar da buraqueira e, consequentemente, dos prejuízos, muitos motoristas acabam trafegando pelo acostamento.

O problema é que em muitos trechos os acostamentos estão tomados pelo mato ou mesmo destruídos. Desde 2008 foram iniciadas as obras de reparos e manutenção na BR-222, mas ainda pelo visto tem muita coisa para ser feita no local.

Em um levantamento feito pelo Tribunal de Contas da União foram identificados atrasos no cronograma das obras. Elas deveriam ter sido concluídas em 2012. E, ainda segundo o TCU, 74% dos trechos que receberam os serviços não tiveram suas necessidades atendidas.

Em um dos trechos, a recuperação foi realizada há poucos meses. Só faltou mesmo o recapeamento asfáltico, mas bastaram algumas chuvas para que os buracos reaparecessem. Uma situação que já se tornou insustentável para os motoristas.

O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) informou que já está tomando as providências para resolver os problemas na estrutura da BR-222.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Tudo sobre:

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários