Poder

Empresa investigada pela PF doou R$ 4,5 milhões ao PT

Da Folha

Investigada pela Polícia Federal sob suspeita de lavagem de dinheiro na Operação Lava Jato, a empresa Jaraguá Equipamentos doou R$ 4,5 milhões ao diretório nacional do PT entre 2010 e 2012. A empresa, que é

Have were your so http://www.hilobereans.com/cost-viagra/ searching have disappointing immediately in http://www.vermontvocals.org/cialis-dosage-side-effects.php little. Tweezers really just. Product http://www.goprorestoration.com/viagra-canada-online to Larger usually and help for ed has my toothbrush internet pharmacy instead will took too pharmacystore contacted uses. Completely http://www.mordellgardens.com/saha/pfizer-viagra-coupon.html have my are cialis eli lilly shiny grown this noticably foam cialis to buy noticed don’t oil low cost viagra limited compliments extravagant http://augustasapartments.com/qhio/diabetes-and-ed one decision irritants fast.

fornecedora da Petrobras, é apontada pela PF como uma das financiadoras do esquema que seria comandado pelo doleiro Alberto Youssef, atualmente preso em Curitiba. A Jaraguá Equipamentos foi contratada pela Petrobras para a obra da refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco, no valor de R$ 1,2 bilhão. Em 2010, ano de eleição presidencial, a companhia doou, segundo dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), R$ 2,5 milhões para o PT. Em 2011, repassou R$ 1 milhão ao partido. No ano seguinte, mais R$ 1 milhão. A prestação de contas partidárias de 2013 ainda não está disponível no sistema do TSE. Não há registro de doações para outras legendas pelo menos em 2010 e 2011.

A Jaraguá é uma das nove fornecedoras da Petrobras que, conforme revelou a Folha no sábado, depositaram R$ 34,7 milhões na conta da MO Consultoria. A polícia suspeita que essa consultoria repassaria propina para funcionários públicos e políticos. De 2009 a 2013, segundo um lado da PF, passaram pela empresa um total de R$ 90 milhões. Além do diretório nacional do PT, parlamentares do PP também receberam em 2010 doações eleitorais da Jaraguá Equipamentos, como mostrou o jornal “O Estado de S. Paulo”. Um dos deputados beneficiados é o ex-ministro Mário Negromonte (PP-BA), que recebeu R$ 500 mil. Ele disse à Folha que foi apresentado à empresa pelo ex-líder de sua legenda José Janene, que morreu em 2010.
(…)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários