Poder

Acusado de receber propina atua em prol de agricultores‏

Investigado pela Polícia Federal, o integrante da Comissão Especial Mista da Medida Provisória 636, deputado federal Weverton Rocha, participou de Audiência Pública, que discutiu a Medida Provisória, que beneficiarão as famílias que dependem da agricultura familiar.

Ex-assessor de Carlos Lupi no Ministério do Trabalho, Rocha apresentou duas emendas, sendo a outra com finalidade no plano da Reforma Agrária.

“Temos que apoiar o homem do campo. É inadmissível que de um lado o governo federal crie ferramentas de apoio ao agricultor familiar, e de outro, o braço forte retire famílias, sem que seja dada a estrutura mínima para o reassentamento, como em São João do Caru, na retirada das famílias da Awá Guajá”, denunciou o deputado federal alvo de investigação federal.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

4 comentários em “Acusado de receber propina atua em prol de agricultores‏”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Araujo Junior

    O deputado Weverton Rocha está de parabéns ao apoiar o homem do campo e lutar pelos os direitos do povo. O deputado vem lutando por igualdade social, não é coerente as acusações de propina, visto que as ações do deputado Weverton Rocha é apoiar aluta pelas causas sociais, e se preocupar com o crescimento do nosso estado.

  2. Neto Plinio

    Ele apoia agricultores?
    Acorda amigo, ali é só madereiro.

  3. paulo fialho

    Pobre Araujo, diz pra ele (deputado) usar pelo menos a metade do dinheiro da reforma do costa rodrigues, com certeza dará pra comprar muitos pedaços de terra. ah e não se preocupe com colchões,pois, sobraram muitos na enchente de Pedreiras………

  4. Ivaldo Ferreira

    Investigado ou não, ele ta mostrando é trabalho se preocupando com a população, que é isso que essas famílias precisam, políticos comprometidos com seu trabalho que esta em falta nesse pais.
    Parabéns deputado Weverton.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários