Poder

Em Santa Inês famílias de pacientes reclamam de atendimento em hospital

Alguns pacientes esperam há mais de dez dias por cirurgias.

Em Santa Inês, a 250 quilômetros de São Luís, parentes de pessoas internadas no hospital municipal à espera de cirurgias reclamam da demora para que as operações sejam realizadas (veja vídeo ao lado).

A dona de casa Eudilene Rodrigues disse que a mãe chegou ao hospital há cerca de dez dias. A idosa de 74 anos fraturou o fêmur e precisa fazer uma cirurgia. Mas, segundo Eudilene, o médico não compareceu. “O médico que a atendeu disse que estava esperando um eletro para fazer a cirurgia. Só que o resultado do exame chegou e, até agora, nada”, reclamou.

Eudilene chegou a pedir que outro médico realizasse a cirurgia: “Conversei com outro médico e ele disse que não sabia nem quando era pra fazer. E o que atendeu minha mãe nem no hospital apareceu”.

Em situação parecida está o filho da também dona de casa Maria Francisca Sousa. O menino de dez anos fraturou o pulso e há cerca de uma semana espera para fazer a cirurgia, com o mesmo médico. “Ele foi embora e não fez a cirurgia em meu filho, porque não havia sido ele que o atendeu”.

Segundo a direção do hospital, o atraso nas cirurgias ortopédicas é consequência do grande número de atendimentos emergenciais realizados no local. (Do G1)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários