Poder

Pedreiro dá tijolada em lésbica é linchado e preso por homofobia em São Luis

conselho-640x389

O pedreiro Manoel Silva Reis, de 45 anos, foi preso, na manhã desta quinta-feira (23), suspeito de praticar crime de homofobia. A denúncia foi feita por duas mulheres identificadas como Wyara Gonçalves e Amanda Mateus.

Em depoimento no Plantão da Cidade Operária, as vítimas, que têm um relacionamento há dois anos, transitavam de mãos dadas pela Avenida Lourenço Vieira da Silva, nas proximidades da Uema, quando foram abordadas pelo pedreiro que não gostou da atitude das jovens e passou a agredi-las a pedradas. Ele negou a versão das mulheres.

O pedreiro foi agredido por populares que discordaram do comportamento dele. Um policial que passava pelo local presenciou a confusão e acabou levando os envolvidos para delegacia. (Com informações do Imirante)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Pedreiro dá tijolada em lésbica é linchado e preso por homofobia em São Luis”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Andréa

    Em pleno século XI com tudo liberado, esse homem faz uma coisa dessa! Acorda querido, os tempos são outros, onde as pessoas tem o direito de ir e vir, sem PRECONCEITOS! Tem cada um…

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários