Poder

Vereador sai em defesa dos Portadores de HIV

O vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB) vai propor na Câmara Municipal a criação de uma Frente Parlamentar em Defesa dos Portadores de HIV. A decisão foi tomada após uma reunião entre o petebista e o secretário municipal de Saúde, Cesar Félix, na sede da Secretaria Municipal de Saúde.

Numa reunião entre técnicos da Semus e do Ministério da Saúde, também realizada na quinta-feira, foram apresentados números alarmantes da Aids em São Luís.Entre 2009 e 2012, somente na capital maranhense, morreram 442 pessoas por infecções em decorrência do vírus HIV. O último boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, lançado este mês, mostrou que São Luís ocupa, proporcionalmente, a quinta posição entre as capitais com o maior número de casos de Aids detectados. É a segunda cidade do Nordeste. Conforme as estatísticas, para cada 100 mil habitantes de São Luís, 42,5 estão infectados com o vírus.

A principal causa da Frente proposta por Pedro Lucas será a liberação de um recurso federal para o combate à Aids, de cerca de R$ 2 milhões, que está parado. “Vamos sensibilizar o secretário para que a gente possa dar andamento nos processos que estão aqui na casa há muito tempo, para a gente tentar combater essa doença. Dois milhões é muito dinheiro”, declarou o parlamentar.

Os recursos serão destinados para aumentar a compra de medicamento para infecções oportunistas — que são aquelas que se aproveitam do HIV para se instalar no doente; mais campanhas educativas, reforma de serviços de referências (Centros de Testagem Anônima do Lira, Anil e Serviço de Atendimento Especializado, no Bairro de Fátima), além da aquisição de uma unidade móvel para testagem e a estruturação de uma unidade de internação, voltada exclusivamente para portadores de HIV. Unidade essa que não existe hoje em São Luís.

“São Luís está em uma situação de crise. A gente está vivendo hoje um perfil epidemiológico de 30 anos, como se aqui não tivesse antirretroviral e nem camisinha. Está morrendo muita gente de Aids e são muitos casos novos”, sintetizou o Wendel Alencar, coordenador-adjunto do Programa Municipal de DST/Aids e Hepatites Virais.

Desde 1985, São Luís já teve 3.098 casos de Aids notificados. Pelo menos 66% desses infectados são do sexo masculino e 34% do sexo feminino. A via mais comum de transmissão da doença é a sexual, com 84% dos casos; desses, 62% são entre heterossexuais, 15% entre homossexuais e 7% entre pessoas com relação bissexual. Durante o período, 86 casos foram diagnosticados em menores de 13 anos, 98% deles expostos pela mãe durante a gravidez. Por mês, em 2012, foi registrada média de 60 novos casos de HIV na população ludovicense.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Vereador sai em defesa dos Portadores de HIV”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. PEDRO

    PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE BURITICUPU ELY JOSÉLIO MONTEIRO BEZERRA DA SILVA, DA CANO EM 14 VEREADORES E DESVIA 40 MIL REAIS DE SEUS SALÁRIOS SÓ EM 2013. OS 14 VEREADORES DE BURITICUPU RECORRE A JUSTIÇA PARA RECEBEREM SEUS SALÁRIOS DESVIADOS PELO PRESIDENTE ELY JOSÉLIO MONTEIRO BEZERRA DA SILVA.,SÓ QUE O JUIZ DA COMARCA JÁ DEU PARECER FAVORÁVEL AOS VEREADORES MAS O PRESIDENTE PEGOU BOA PARTE DO DINHEIRO E PAGOU UM ADVOGADO PARA RECORRER DA DECISÃO, NA CAPITAL MARANHENSE.SÓ QUE ATÉ O MOMENTO A JUSTIÇA AINDA NÃO SE PRONUNCIOU SOBRE O CASO.

    Gostaria que vc me enviassem seu email para que eu lhe mande fotos e noticias de nossa querida Buriticupu como a foto do presidente que desviou os salários dos vereadores.

    meu email é buriticupu2012@gmail.com mande o seu email que lhe enviarei as noticias da qui de Buriticupu ok.

  2. jOÃO

    BOTEI FÉ NO VEREADOR AGORA.
    MUITO BOM ALGUEM TER ESSA IDÉIA DE APOIO FRENTE A EPIDEMIA ALARMANTE QUE HOJE EXISTE NO MARANHÃO, SR. VEREADOR, GANHOU PONTOS COMIGO..MAIS UM VOTO.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários