Poder

Genro de Isaías Pereirinha atropela e mata funcionário do Valparaíso

Acidente ocorreu na Estrada da Maioba próximo ao cemitério Pax União, em Paço do Lumiar

Genro de Pereirinha.

Genro de Pereirinha.

O corretor de títulos do Valparaíso Acqua Park, foi atropelado na tarde deste sábado (02) quando voltava de motocicleta do trabalho para casa.

Ele foi atingido pelo carro modelo corola de Diego Anderson – genro do vereador e presidente da Câmara de São Luís, Isaías Pereirinha – quando trafegava pela Estrada da Maioba, próximo do Cemitério Pax União, em Paço do Lumiar. Ele não resistiu e morreu na hora.

De acordo com informações iniciais, Isabele Pereirinha e duas crianças que eram passageiros no Corola, saíram da Chácara do vereador e estavam retornando para São Luís, quando Diego numa ultrapassagem mal-sucedida colidiu com o funcionário do Parque Aquático.

Ao tomar conhecimento do trágico acidente, o juiz federal Carlos do Vale Madeira, proprietário do Valparaíso, foi ao local e reconheceu o corpo do funcionário identificado por Durval.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

17 comentários em “Genro de Isaías Pereirinha atropela e mata funcionário do Valparaíso”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. sergio ricardo

    triste…ele era meu amigo e estava cheio de planos,vinha num crescente no trabalho.. Mais triste é saber q nada será feito pra punir o atropelador.

  2. roselia

    Esse cara é um irresponsável, vinha bêbado e ultrapassando que nem um louco na estrada, o motoqueiro e e outros carros pararam quando viram a loucura. Quando tudo aconteceu ele estava preocupado era com o rosto dele, se tinha algum machucado.

  3. Francisco

    Mas um ato de irresponsabilidade no transito que ficara impune, infelizmente é o Brasil, precisamente o Maranhão. Logo o criminoso e genro de um legislativo um daqueles que foi eleito pelo voto de um cidadão de bem, como esse que foi morto pelo genro desse vereador .

  4. Folha do Município

    […] Genro de Isaías Pereirinha atropela e mata funcionário do Valparaíso […]

  5. Camilo Reis

    Reportagem bem deficiente de informações, o fato dele ser ou não parente de alguém importante ou não é só um detalhe. A Polícia chegou no local? Ele estava com sinais de embriaguez? Fez o teste do bafômetro? Se recusou? Vamos apurar mais antes de divulgar

  6. santos

    Alguém aqui é perito para atestar se esse rapaz estava bêbado ou não? Se ele tiver a real culpa, cabe a polícia civil investigar e remeter o inquéroto ao Ministério Público, especular não ajuda em nada e mostra claro que as pessoas são movidas pelo emocional e esquecem que vivemos em um estado democrático de direito.

  7. leka

    Se fosse o contrário, que o motoqueiro tivesse provocado o acidente, e a filha e o genro fossem as vítimas fatais, com certeza esse motoqueiro seria procurado até no inferno… Mas que DEUS livrai de acontecer com alguém da minha família, pois eu faria a minha própria justiça, não em morte mas em tortura mesmo… QUE DEUS SEJA COM FAMÍLIA DA VÍTIMA.

  8. Faby

    lendo todos os comentários fiquei imaginando, mais uma pessoa que perde a vida vitima de um apressadinho, que corre em seu corola que se acha melhor que todo mundo, por ser parente de “alguém importante” triste!!! que Deus conforte toda familia, e que a justiça seja feita.

  9. JÚLIO

    Neto Ferreira,

    Embora descontextualizado, o que me chamou muito atenção neste triste episódio de sua postagem, é o fato do juiz federal José Carlos do Vale Madeira ser o proprietário do Valparaiso!! E isso pode?? Um juiz ser empresário! Só no Maranhão! Bom seria que se levasse esta fato ao CNJ, para os devidos esclarecimentos desse magistrado, com aplicações de sanções, quanto a esse vivaldino juiz, que posa aqui de vestal da moralidade e de paladino da justiça.

  10. Ferreira

    Não cabe aqui discutir quem e proprietário de que. Estamos diante de uma fatalidade, este rapaz e um irresponsável . Acompanhei o atendimento e ele preocupado se estava enxergando de um dos olhos. Se fosse ele teria era a vergonha de levantar a cabeça e olhar para as pessoas.deveria era ficar cego e olhar sua própria consciência . Esse trabalhador deixou família e pessoas por ele.

  11. Até quando

    Até quando esses animais sanguinários, porque isso que são, vão derramar sangue de pessoas inocentes..Esses seres como este deveriam ser condenados tal como nos Estados Unidos a morte ou a prisão máxima sem poder recorre em regime fechado porque assumiu a morte de matar quando fez o que fez.

  12. ROSY

    foi triste o que aconteceu é saber que nada vai ser feito, pesso a esse juiz, que ele não deixe esse crime ficar em pune. ele Diego Anderson estava era sorrindo aqui no Hospital Sâo Domingos e a familia mandando ele fingir que estava muito doente pra nao ser preso.

  13. Vanessa

    Vocês nem imaginam a dor que a nossa família estamos passando. Infelizmente não podemos trazer o meu tio de volta, mas esse irresponsável tem que pagar por esse crime. Uma pessoa que não tem um pingo de respeito nem pela própria família, afinal ele tinha ingerido bebida alcoólica e não tem noção de quantas pessoas ele pode atingir. O meu tio estava vindo do trabalho e estava parado no acostamento. Gente isso é de indignar qualquer um.

  14. impunidade

    Eu acho incrivel a capacidade q esses imbecis tem de defender um inrresponsavel desse q ceifa a vida de mais um pai de familia,é muito facio defender qndo nao se trata de um parente de vcs,mesmo se ele nao tivesse alcoolizado ele fez uma ultrapassagem em uma via proibida,por tanto assumindo o risco de matar sim.Infelizmente qm ta preso é esse senhor q morreu e a familia,mais aqui se faz aqui se paga o q ele fez pode ficar impune na justiça humana,mais ele cavou a propria sepultura,porque o salario do pecado é a morte,e qm defende ele deve se lembrar q tem familia,e se fosse um parente de vcs?
    Q Deus conforte o coraçao de toda a familia.

  15. Marcos caminha

    Vendo esses comentários fico mais triste ainda pois em saber em meio d tantas coisas ruins q estão acontecendo ainda tem gente p querer jugar os outros se ele estava embriagado só a perícia e a polícia pod dizer nem o laudo saiu ainda e pq tdos fiquem jugado vejamos bem quando Jesus foi traído por Judas uq aconteceu tdos q se diziaõ fiel viraram as costas p ele e ele foi jugado e crucificado gente nao fazem isso nao jugem p nao serem jugados esse rapaz está sofrendo tenho absoluta certeza p isso vamos ser humano pelo menos uma vez na vda quem nunca errou q atira a primeira pedra vamos deixar q a justiça cuide dessa parte pelo amor d deus fico triste por tdo q está acontecendo estou arrasado como tdos nos da família pesso desculpas sei q isso nao vai os comfortar com uma perda tão grande como essa nao temos palavras para descrever uq sentimos nesse momento juntamente com a família inlutada desculpe nos pq p perdoar só deus ass. Marcos Caminha primo do acusado muito triste mais cremos em Deus

  16. Rodrigo

    Marcos Caminha, até agora vc foi o único da familia do Diego que vi que tem um sentimento de empatia para com os amigos e familiares do sr Durval ,realmente quem pode julgar só Deus . Rodrigo amigo do sr Durval.

  17. Anônimo

    Tem o vídeo no celular do neto de pereira!! De Antônio Neto. Filho de Isabela Pereira

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários