Poder

Vereadores pedem afastamento da prefeita de Chapadinha

Portal Gaditas

Os vereadores Eduardo Sá (PRTB), Eduardo Braga (PT) e Missicley Araújo (PR) decidiram ingressar na justiça e oferecer denúncia contra a Prefeita de Chapadinha Ducilene Belezinha (PRB) por improbidade, fraude em licitações e enriquecimento ilícito para entre outras coisas de beneficiar de uma firma de fachada para lucrar com o serviço de coleta de lixo.

O documento com mais de 20 páginas de com dezenas de provas materiais anexas, pede abertura de inquérito para aprofundar as investigações e o afastamento imediato da prefeita. A representação assinada pelo advogado Diego Lira trata da aquisição de caminhão por empresa da própria prefeita após o resultado das eleições e posterior transferência para a empresa ABI NAABE que a denúncia demonstra ser firma de fachada.

A denúncia relembra que a empresa que faz a coleta de lixo pertenceria oficialmente a José Sandro Calaça Pontes, que a mesma era um armarinho, tinha capital social de 20 mil reais, teria como dono de fachada um ex-candidato a vereador da coligação de Belezinha e passou a ter capital de 250 mil reais e a trabalhar com lixo e quase todo tipo de serviço possível que uma prefeitura possa precisar. A denúncia questiona ainda aquisição do caminhão por empresa da prefeita: “curiosamente, Ilustre Promotor, o veículo em comento anteriormente pertencia a MENESES E PONTES LTDA., empresa que na região é mais conhecida como JÚNIOR CONSTRUÇÕES, amplamente sendo reconhecida por todos os habitantes como de propriedade da Sra. Prefeita Ducilene “Belezinha”.

O documento também menciona tentativa de Belezinha de escapar das implicações jurídicas das irregularidades saindo da sociedade da Junior Construções, colocando em sua filha no lugar. A representação dos vereadores é minuciosa, documentada e chega a estabelecer cronologia que vai de 2001 com criação da firma Junior Construções até 20 de março de 2013 com a transferência do caminhão à empresa de Sandro Calaça.

Os parlamentares encerram a denúncia pedindo abertura de ação civil pública por improbidade e o afastamento imediato da prefeita Belezinha do cargo. “Ante os argumentos acima apresentados, requer ao Ministério Público: Que seja recebida a presente REPRESENTAÇÃO a fim de que sejam apurados os fatos apontados, com a recomendação de que seja a Prefeita temporariamente afastada, no sentido de que não interfira nas investigações; e, que após a verificação da existência de improbidade seja deflagrada a competente AÇÃO CIVIL PÚBLICA POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA contra a Prefeita Municipal Maria Ducilene Pontes Cordeiro, vulgo “Belezinha”, na forma da legislação vigente e, no que couber, o inquérito penal, com o seu devido afastamento liminar a fim de que os fatos sejam devidamente apurados”, finaliza a representação.

Com contribuição do Blog do Alexandre Pinheiro


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Vereadores pedem afastamento da prefeita de Chapadinha”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Rafael

    Já está na hora dos vereadores de Barra do Corda seguirem o exemplo destes.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários