Poder

Preso adolescente suspeito de ter assassinado jovem no Cohatrac

Do Blog do Luis Cardoso

Manoel Neto, vítima de latrocínio.

Manoel Neto, vítima de latrocínio.

A polícia militar apreendeu nesta segunda-feira (21) um adolescente de 16 anos suspeito de ter assassinado a tiro o jovem de 21 anos Manoel Câmara Guimarães Neto, na noite da última sexta-feira (18), no Cohatrac.

Ele participou com outro comparsa do crime de latrocínio, segundo testemunhas que o reconheceram. Mas na delegacia o adolescente negou a participação, mesmo sendo identificado como o autor do disparo, que vitimou Manoel. O segundo acusado não foi ainda identificado pela polícia.

Manoel Neto havia acabado de sair da casa dele e parou o carro para conversar com um amigo, quando dois bandidos se aproximaram e um deles atirou na cabeça da vítima. Os dois levaram o carro usado pela vítima, um veículo Celta, que foi localizado na Forquilha, um dia após o crime.

A vítima chegou a ser socorrida pelos vizinhos, mas morreu no hospital. Manoel Neto fazia parte de um grupo de jovens da Igreja Católica e estava noivo há menos de um mês.

Protesto no Cohatrac: população clama por segurança.

Protesto no Cohatrac: população clama por segurança.

Revoltados com a onda de criminalidade e as cenas de violência ocorridas no bairro, moradores do Cohatrac realizaram um protesto na noite desta segunda-feira pedindo mais segurança na região e policiamento.

O evento reuniu centenas de pessoas que juntas declararam a falência do sistema de segurança pública em São Luís.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Preso adolescente suspeito de ter assassinado jovem no Cohatrac”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Jessy São Luis

    É lamentável essa situação desconfortante a qual passa a sociedade e as famílias, em especial, das vitimas. porém, esses jovens que participam de ondas de assaltos e violências também são vitimas, todavia por uma outra vertente. todos estes são “cidadãos” sem oportunidades a uma boa educação, sem acesso a saúde e moradia de qualidade. sei que é difícil para os familiares de vitimas pensarem dessa forma, mas na maioria das vezes a única coisa que seduzem esses jovens é a criminalidade. Esta na hora de nossas autoridades pensarem estratégias menos repressoras e mais educativas antes que o prognostico torne-se irreversível.

  2. José João Macedo

    BRAVO!!!OS MORADORES DO COHATRAC,AGORA SÓ FALTA O RESTANTE DA POPULAÇÃO IR PARA AS RUAS POR SEGURANÇA PUBLICA.CHEEEEEGA!!!

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários