Poder

Confirmado: Marina se filia no PSB e pode ser vice de Campos em 2014

Marina Silva.

Marina Silva.

A ex-senadora Marina Silva decidiu se filiar ao PSB e admite a possibilidade de sair como candidata a vice na chapa do governador Eduardo Campos (PE) nas eleições presidenciais do ano que vem. A decisão foi tomada após conversas iniciadas na noite de ontem e concluídas na manhã deste sábado (5).

Até então, Marina era, assim como Campos, virtual candidata à Presidência da República nas eleições de 2014. Segundo informou a Folha.

Segundo a Folha apurou, Marina está discutindo com aliados a melhor maneira de explicar publicamente as razões pelas quais poderia ser vice na chapa. Em 2010, ela concorreu à Presidência e foi o “fator surpresa” ao conseguir 19,6 milhões de votos e ficar em terceiro lugar.

O coordenador-executivo da Rede, Bazileu Margarido, disse que o lançamento de Marina como vice de Campos é “uma possibilidade” no ano que vem. “A Marina reconhece a candidatura posta do Eduardo Campos e se dispõe, desprendidamente, a ser vice em eventual candidatura”, afirmou. “Mas a disposição de ambos é de tratar isso com tranquilidade, sem ansiedade.”

Segundo ele, pesou para a decisão de Marina de migrar para o partido de Campos “a aderência programática maior com o PSB”.

Para ampliar a força do grupo contra a polarização PT-PSDB, o PPS está sendo chamado a integrar a coalizão. O partido foi uma das legendas que ofereceu abrigo a Marina após o veto da Justiça Eleitoral ao partido que ela tentou organizar, a Rede Sustentabilidade.

A união tem o objetivo de formar uma consistente terceira via na corrida ao Planalto, em contraposição à candidatura à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) e à postulação do oposicionista Aécio Neves (PSDB).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários