Poder

Aliados de Monteiro e Washington falsificam documentos do PT em Barra do Corda

Paulo Lima, responsável por fraudes no PT de Barra do Corda, apoiado pelo atual presidente estadual Raimundo Monteiro e do vice-governador do Estado, Washington Luiz..

Paulo Lima, responsável por fraudes no PT de Barra do Corda, apoiado pelo atual presidente estadual Raimundo Monteiro e do vice-governador do Estado, Washington Luiz..

O Diretório da Executiva Nacional do Partidos dos Trabalhadores – PT, por unanimidade, devolveu ontem (01) o recurso impetrado pelo candidato à presidência municipal do PT no Município de Barra do Corda, Paulo Lima, por não obedecer ao estatuto do Processo de Eleições Diretas – PED 2013. Segundo a Executiva, a chapa “Geones Barros” (que não foi registrada no prazo legal, que terminou dia 11 do mês passado) deu entrada no recurso diretamente na Executiva Estadual, ignorando o estatuto que, em via de regra, indica que o recurso deve ser protocolado junto ao diretório municipal, e, somente comprovado o não recebimento, deveria ser encaminhado à executiva estadual.

Paulo Lima, representando a chapa “Geones Barros”, acusou a candidata Cícera da Rocha Marques por não ter tempo suficiente de filiação no partido para concorrer à presidência, alegando que sua filiação foi efetivada no sistema eletrônico do partido (SISFIL) no dia 26/11/2012. Na verdade, pessoas ligadas ao Paulo Lima possuíam a senha do sistema, na época, engavetando 190 fichas de filiação de pessoas com potencial para disputar algum cargo no PED deste ano, contrários à sua corrente partidária que defende a reeleição do atual presidente estadual Raimundo Monteiro e do vice-governador do Estado, Washington Luiz. A candidata à presidência, Cícera Marques, que representando a chapa “Construir a Unidade e Um Projeto Alternativo”, realizou sua filiação em 08/05/2011, com prazo legal suficiente para concorrer ao cargo. Na época, uma forma de precaução à possíveis fraudes, foi retirar cópias das fichas de filiação e também da Ata do diretório municipal lavrada em cartório no dia 03/03/2012, comprovando que os nomes de vários filiados ainda não tinham sido lançados no sistema eletrônico do PT, e que, entre eles, faltava o nome da atual candidata ao diretório municipal.

Após tomar conhecimento do recurso, a chapa “Construir a Unidade e Um Projeto Alternativo” encaminhou à Executiva Estadual do partido todas as provas que comprovam a fraude, inclusive, fichas de filiações com datas adulteradas de forma grosseira, de fácil percepção, e também as fichas originais para comparação. Em reunião, a direção do PT reconheceu a fraude e alertará o candidato Paulo Lima sobre possíveis penalidades por realização de ato vexatório e ilegal.

O prazo para entrega do recurso que foi devolvido pela Executiva Estadual é até quinta-feira (03) no diretório municipal da cidade de Barra do Corda, tendo prazo máximo para julgamento pela direção estadual no dia seguinte (04).

ENTENDA O CASO

O candidato a presidência do diretório municipal do PT de Barra do Corda, Paulo Lima, já é conhecido por fraude. Após conseguir uma senha do sistema eletrônico do PT através do atual presidente estadual do partido, Raimundo Monteiro, no mês de outubro de 2011, Paulo Lima filiou cerca de 210 pessoas sem nenhum conhecimento do diretório municipal. Após a percepção da fraude, a executiva estadual aprovou uma votação pelo diretório municipal da cidade que decidiria a validação ou não das filiações e da punição do Paulo Lima. Por unanimidade, a diretoria do diretório municipal aprovou a anulação das filiações e a expulsão do mentor da fraude. Paulo Lima recorreu a decisão e hoje é um filiado do PT sob júdice, por estar enfrentando um processo de expulsão. Sobre os filiados irregularmente, não terão direito a votação no PED que será realizado dia 10 de novembro deste ano. Ele também foi candidato a vereador nas últimas eleições municipais em Barra do Corda, obtendo o total de 70 votos.

Ficha fraudada

Ficha fraudada

Ficha original

Ficha original


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Aliados de Monteiro e Washington falsificam documentos do PT em Barra do Corda”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Leonardo

    Esse Paulo não se emenda mesmo… Deveria ser era expulso denovo por causa dessas palhaçadas. Concorre e ganha, não tenha ganhar no tapetão não..

  2. Vereador também é acusado de falsificação no PT de Barra do Corda « Neto Ferreira – Conteúdo Inteligente

    […] do vice-governador do Estado, Washington Luiz, que foi acusado de fraudes no PT de Barra do Corda (reveja), rebateu as acusações e direcionou as irregularidades ocorridas no PT ao vereador Barra do […]

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários