Poder

Rigo diz que decisão do TSE deixa Roseana livre para trabalhar

O deputado Rigo Teles (PV) comemorou, nesta quarta-feira (18), na Assembleia Legislativa, a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que, na noite de terça-feira (17), por 4 votos a 3, transformou os Recursos Contra Expedição do Diploma (RCED) da governadora Roseana Sarney (PMDB) em Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME), e devolveu o processo ao Tribunal Regionais Eleitoral (TRE), que julgará novamente a ação que foi movida pelo ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB).

Rigo e Roseana Sarney.

Rigo e Roseana Sarney.

Para Rigo Teles, a decisão do TSE deixou claro por que a governadora Roseana Sarney nunca se preocupou com a ação movida pela Oposição, para cassar seu mandato e do vice-governador Washington Oliveira (PT). Na avaliação de Rigo, a governadora não tinha nada a temer diante da justiça, uma vez que todos os convênios celebrados durante sua gestão foram feitos dentro da lei e da transparência, as maiores marcas sua gestão.

Diante da decisão do TSE, Rigo entende que a partir de agora a governadora Roseana Sarney terá mais tranqüilidade, e tempo suficiente para continuar cumprindo o que prometeu na campanha de 2010: fazer o melhor governo de sua vida, cujos resultados já são vistos em todos os 217 municípios do Estado do Maranhão, que todos os dias recebem hospitais, estradas, ruas asfaltadas e importantes benefícios do Governo do Estado.
Na avaliação de Rigo, a governadora está tranqüila porque o TSE entendeu que o recurso da Oposição, previsto no Código Eleitoral, é inconstitucional porque a Constituição só prevê ação de impugnação para cassação de mandatos. O recurso só pode ser protocolado para pedir cassações sem prazo após a diplomação. A ação só pode ser apresentada em até 15 dias após a diplomação do candidato e tramita em segredo de Justiça. “A decisão do TSE favorece o povo do Maranhão”, afirmou Teles.

GOVERNADORES BENEFICIADOS

A decisão do TSE beneficiou, também, os governadores Sérgio Cabral (PMDB), do Rio de Janeiro; Antonio Anastasia (PSDB), de Minas Gerais; Cid Gomes (PSB), do Ceará; Siqueira Campos (PSDB), do Tocantins; Wilson Nunes Martins (PSB), do Piauí; Omar Aziz (PMN), do Amazonas; Anchieta Junior (PSDB), de Roraima; Sebastião Viana (PT), do Acre; André Puccinelli (PMDB), do Mato Grosso do Sul e Teotônio Vilela (PSDB), de Alagoas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

3 comentários em “Rigo diz que decisão do TSE deixa Roseana livre para trabalhar”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Gilson Medeiros

    Que historia e’ essa de que a Rosengana nao estava preocupada? O proprio texto atribuido ao Deputado afirma que agora ela pode trabalhar tranquila. Entao ela estava intraquila? O deputado tambem estava preocupado porque se Rosengana fosse cassada, ele teria dificuldades em se reeleger. Sobre vida para os dois pois a justica das urnas nao sera tao branda.

  2. Tulio

    Rapaz de todos os Deputados do Maranhão e quiça do mundo esse é o que tem a cara de maior pilantra, safado e bandido…Eita Rigo Traidor Teles vivia babando Jackson Lago, na hora que o homem saiu do poder ele pulou fora do barco…Rigo Teles Deus não dormi!!!

  3. Elker sousa

    As urnas vem ai como todas as releições so almentando os votos e agora com certeza serar iqual.RIGO TELES o nosso deputado do maranhão.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários