Poder

José Sarney: o sentimento é de gratidão

Ainda combalido.

Ainda combalido.

José Sarney voltou à ativa, mas só em termos: hoje, registrou presença e já está de saída. O corpo não aguenta, como explica o próprio Sarney:

– Eu forcei a barra para voltar. Não aguentava mais ficar em casa, depois de dois meses. Mas está difícil.

E qual a sensação de retornar: entusiasmo ou cansaço com a mesmice do Congresso? Nem uma coisa nem a outra, diz Sarney, deixando claro que o momento simboliza bem mais do que uma trivial volta ao batente:

– O sentimento é de gratidão a Deus, por ter sobrevivido.

Por Lauro Jardim


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários