Poder

Lascou: construtor consegue censurar blogs na Justiça

Quatro. São esses os números de sites e blogs que foram obrigados pela Justiça para que fosse retirado do ar uma postagem que carrega o nome de um importante construtor e dono de shopping na capital do Maranhão.

Na decisão, o que mais chama atenção na forma como agiu o ‘ilustre’ magistrado, foi o eventual comunicado de que o Blog do Neto Ferreira também é obrigado a retirar uma carta em que Júnior Bolinha – preso pela morte do jornalista Décio Sá, além de não citar o nome do construtor em outras postagens em prazo de 20 dias.

O que mais impressiona neste caso, foi o relato de um advogado que antecipou o que aconteceria com os jornalistas em virtude do construtor possuir influência no judiciário maranhense.

Mesmo assim, prefiro não acreditar na Justiça que se permite emitir decisões por interesses, sendo eles pessoais de acordo com suas conveniências.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Lascou: construtor consegue censurar blogs na Justiça”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. jOÃO

    CHUPEM !!!

    JORNALISMO LIVRE EU APOIO, AGORA A NOTICIA DE QUEM PAGA MAIS ACHO MERDA…

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários