Poder

Edivaldo Júnior é cobrado por suposta ameaça de demissões

Prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior.

Prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior.

A Associação Representativa dos Servidores Públicos Municipais( ASISMU) encaminhou na tarde de hoje, ofício solicitando audiência urgente para tratar com o prefeito Edivaldo Holanda Junior sobre a ameaça de novas demissões de serviços prestados, veiculada na imprensa.

Beka Rodrigues, presidente da ASISMU, informa que o atual prefeito de São Luis, ainda em campanha eleitoral, se comprometeu a não demitir os SP´s e que o recadastramento, realizado no início da gestão, teria objetivo apenas de averiguar a ocorrência de funcionários fantasmas na folha de pagamento municipal.

Entretanto, o sindicalista acha estranho que agora novamente seja divulgada na mídia novas ameaças de demissão e um outro recadastramento inclusive está sendo feito e já é alvo de comentários frequentes entre os SP´s. “ Este recadastramento no âmbito da Secretaria Municipal de Saude tem provocado temor não apenas entre os SP´s daquela secretaria, mas em todos os dezenas de milhares de SP´s da prefeitura”, afirma;

Beka Rodrigues ressalta que a entidade quer explicações detalhadas sobre o recadastramento e os motivos que provocaram tal medida.”Por que está sendo feito outra vez? Se os servidores fantasmas já foram demitidos “ questiona o sindicalista”“. Ele disse que a entidade quer todas as informações sobre esse recadastramento. “Vamos atrás das respostas dos junto ao prefeito e por isto a decisão de solicitar audiência urgente para tratar deste assunto, pois não vamos aceitar demissões injustas de SP´s”, afirma o presidente da ASISMU.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários