Poder

Ricardo Murad poderia ajudar???

Secretário de Saude, Ricardo Murad.

Secretário de Saude, Ricardo Murad.

Um dos casos mais emocionantes que mexeu com a sociedade maranhense chama-se Maria Júlia M. C. Bogéa, jovem de 12 anos vive em repouso por conta de fortes dores. Ela que adorava brincar com amigos, se deparou com a triste noticia que possui espondilolistese, doença rara na coluna.

Para evitar passar o resto da vida em uma cama, a adolescente tem que levantar junto a amigos e pessoas através e uma campanha de solidariedade algo e torno de R$ 180 mil.

A intenção da família de Júlia não seria mais digna do que uma intervenção do secretário de Saúde do Estado, deputado licenciado Ricardo Murad.

Embora o caso da jovem seja apenas um dos muitos que necessitam da assistência do Executivo Estadual, seria uma bela forma de Murad acabar com a distorcida imagem que muitos pensam: a de insensível.

Com poderes para dá aparato financeiro, o secretário que têm filhos, inclusive mulher, deverá se comover com a necessidade da cirurgia de extrema urgência.

Pelo pouco que amigos falam de Murad, o caso de Maria Júlia tem solução e deve ser resolvido o mais rápido possível. É claro, se for levado o caso ao seu conhecimento.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

3 comentários em “Ricardo Murad poderia ajudar???”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. CABRA MACHO

    ESTE CIDADAO AI NAO FAZ NADA POR NINGUEM ELE SABE MUITO BEM E ROUBAR ROUBAR ROUBAR ISTO SIM

  2. A sensibildade de Ricardo Murad… « Neto Ferreira – Conteúdo Inteligente

    […] matéria deste blog que trás no titulo “Ricardo Murad poderia ajudar???”, o secretário se sensibilizou com a campanha realizada por parentes onde visavam arrecadar fundos […]

  3. A sensibildade de Ricardo Murad… : Blog Dudu Costa

    […] matéria deste blog que trás no titulo “Ricardo Murad poderia ajudar???”, o secretário se sensibilizou com a campanha realizada por parentes onde visavam arrecadar fundos […]

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários