Poder

Pleito apresentado por Soliney Silva‏ vira medida do Governo Federal

Prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva.

Prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva.

A Presidenta Dilma anunciou na última quarta (10), durante realização da Marcha dos Prefeitos as mudanças no Programa Minha Casa, Minha Vida para que todas as cidades com menos de 50 mil habitantes possam participar do programa e oferecer moradia aos seus habitantes. De acordo com a medida anunciada serão disponibilizadas nessa primeira etapa 135 mil moradias, com valor que chega a R$ 4 4,7 bilhões de reais.

No entanto para que tomasse essa decisão, a Presidenta Dilma foi provocada pelo Prefeito de Coelho Neto Soliney Silva-PSD após apresentar um pleito nesse sentido ao Ministério das Cidades. No pleito encaminhado ao Ministro Aguinaldo Silva, Soliney encaminhou um estudo técnico que entre outras particularidades destacava Coelho Neto como um município industrial de 47 mil habitantes, com um déficit habitacional muito grande e que por conta de um coeficiente populacional mínimo, estava de fora de um programa de longo alcance social como o Programa Minha Casa Minha Vida.

Após o pleito apresentado com o intermédio do Ministro do Turismo Gastão Vieira, a proposta foi levada a Dilma Rousseff que analisou o estudo técnico apresentado pelo município e referendado por um grupo de trabalho do Ministério das Cidades. Após a análise. Dilma não só achou legítima a reivindicação de Coelho Neto como decidiu estender o benefício aos demais municípios com até 50 mil habitantes. O Prefeito de Coelho Neto Soliney Silva recebeu a notícia com entusiasmo e justificou a apresentação do pleito.

“Estávamos com um projeto de 2 mil casas pronto e que não avançava porque em tese não tínhamos os 50 mil habitantes. Sendo assim, resolvemos elaborar um estudo técnico e apresentar uma exposição de motivos que sensibilizasse o Ministério das Cidades de que tínhamos as condições de sermos contemplado com esse projeto . Agradeço a Presidenta Dilma por atender um pleito tão legítimo e ao Ministro Gastão Vieira por ter nos ajudado a tramitar de forma tão exitosa com esse projeto em Brasília. Fiquei feliz de saber que não só viabilizamos a nossa demanda, como garantimos que ela se estendesse aos demais municípios do mesmo porte que o nosso”, comemorou ele.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Pleito apresentado por Soliney Silva‏ vira medida do Governo Federal”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Américo de Sousa

    Caro Neto Ferreira,

    Fora do normal, completamente fora do normal, Soliney Silva que não consegue sequer governar Coelho Neto, pelo menos para coletar o lixo que toma conta da nossa cidade, agora quer virá consultor técnico e político da presidente Dilma. Era só o que faltava, esse prefeito que na campanha eleitoral de 2008 prometeu fazer gratuitamente 4 mil casas para a população de baixa renda com recursos da prefeitura, sem que até agora tenha sido construída sequer uma única casa popular para um pobre em Coelho Neto. Seria uma tentativa de dar mais uma desculpa esfarrapada para a população de baixa renda de nossa cidade que ainda espera que a promessa seja cumprida? Seria uma tentativa de ocupar o título de politico mais mentiroso do Brasil?
    Se ele continuar assim, daqui a pouco ele deve anunciar que se transformou no conselheiro pessoal da Dilma. Se derem um pouquinho de atenção para ele não demora a jurar que Barack Obama ligou pedindo conselhos para melhorar a economia dos Estados Unidos.
    Enquanto Soliney tenta se transformar no político que mais mente no Brasil, permanecemos aqui em Coelho Neto com a pior administração pública municipal que alguém possa imaginar.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários