Poder

O buraco é mais embaixo

Por Abdon Marinho

Não costumo ler a coluna dominical de O EMA, do senador Sarney. Raramente você encontra no texto algo que lhe prenda a atenção. Hoje fiz uma concessão e li o texto sobre os buracos de São Luís. Novamente no texto não há nada de novo sobre o assunto, a crítica é rotineira em todos os veículos de comunicação do grupo e qualquer escriba ou blogueiro com o hábito de alugar a pena, produziria um texto melhor. De novo, mesmo, só o fato de um senador da República mostrar preocupações típicas de vereadores. Aliás, essa já era uma rotina de certos deputados estaduais e federais. Desocupados de suas atribuições constitucionais, desciam e descem à província para criticar as administrações municipais, dos adversários, claro.

Nada contra a crítica, ainda mais quando ela é verdadeira. Meu pai costumava dizer que o errado é da conta de todos. Logo os buracos existentes na cidade de São Luís são da conta de todos, até mesmo dos senadores do Amapá de supostos visitantes germânicos.

É verdade as ruas de São Luís estão esburacadas conforme o senador constatou ao andar por algumas vias principais, a situação é bem mais grave nas ruas internas dos bairros, o que exigirá muito trabalho da atual administração. Algumas ruas internas por onde andei e ando vez por outra lembram as ruas da Alemanha de 1945.

Entretanto ainda acho prematuro, como querem fazer crer os críticos, atribuir-se à atual gestão toda a responsabilidade por tantos infortúnios, os buracos existem, mas já existiam antes da atual gestão, agora estão mais graves devidos ao inverno que também não permite que se adote as medidas necessárias para minorar seus efeitos, sem contar que cinco meses é pouco tempo para resolver todos os gargalos deixados pela administração anterior.
O senador não deve saber, mas os buracos em vias públicas não são problemas apenas das administrações municipais, quem viaja por esse nosso Maranhão (nossa terra, nossa paixão) também não tem melhor sorte, muitas das rodovias estaduais construídas e cantadas em prosa e verso pela mídia estatal, apresentam diversos problemas, buracos surgem até nas construídas e implantadas ha pouco tempo, algumas até com menos de um ano, apresentam pontos onde o asfalto cede. As MA’s que cortam a ilha de São Luís, são um exemplo, estreitas, com buracos, mal cuidadas, são um risco para motoristas, motoqueiros, ciclistas e pedestres, para não falar no grave problema dos animais abandonados. Diferente do prefeito, a governadora está no poder, no atual circulo de mandato, desde 2009. É um mandato que se aproxima do fim sem ter resolvido suas principais promessas para ilha, como mais uma ponte sobre o Rio Anil e a MA transmetropolitana.

Melhor sorte também não tem que viaja pelas BR’s, a nossa principal via, a 135, dispensa comentários, tem toda sorte de defeitos, não apenas buracos.

Como podemos ver, o buraco é maior e bem mais embaixo. O problema do Maranhão, um dos, é que todos conseguem enxergar um cisco no olho do adversário, entretanto uma trave lhe cega as vistas e não conseguem enxergar os seus próprios.
O Maranhão precisa de uma grande união em torno de pauta comum dos interesses do povo e não de pessoas que só conseguem enxergar os objetivos eleitorais. Caso persistam nessa política mesquinha, jamais sairemos de um buraco: o buraco do atraso.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “O buraco é mais embaixo”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. best prom dresses here

    This is truly a great article. You make a lot of sense in your viewpoints and I agree with you, mostly. Your content is obviously written for thinkers. Please keep up the good quality writing.

  2. short prom dress uk

    I would like to use the ability of thanking you for the professional instruction I have enjoyed going to your site. We’re looking forward to the commencement of my university research and the overall groundwork would never have been complete without consulting your website. If I may be of any help to others, I will be pleased to help by means of what I have discovered from here.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários