Poder

Detran realiza mutirão de exames práticos de direção veicular

Diante do alto índice de reprovação de candidatos que buscam a primeira habilitação, especialmente, nas provas práticas de direção veicular, na categoria B, que estão com processo chegando ao prazo final, o Detran-MA realizará um mutirão de turmas extras aos sábados (8, 15 e 22 de junho) e 6 de julho para realizar os exames práticos de direção.

Com essa medida solicitada, também, pelos Centros de Formação de Condutores (CFC) da capital, serão abertas 50 novas vagas por sábado exclusivamente para o pátio do Detran-MA, sede na Vila Palmeira, em São Luís. Vale ressaltar que as vagas estarão disponibilizadas, a partir do dia 3 de junho, sendo de competência dos CFCs a marcação dos exames.

O índice de reprovação na prova prática para tirar carteira de habilitação é de 60% no Maranhão. O número é considerado alto pelo Detran-MA e está bem acima do recomendado pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). “A nossa orientação é que os candidatos se prepararem melhor para as provas de direção veicular e tenham mais atenção para evitar novas reprovações”, destacou o diretor geral do Detran-MA, André Campos.

O exigido é que este índice de 60% seja referente às aprovações. Não só a capital, mas também os municípios do interior têm apresentado elevado índice de reprovação, ressalta a coordenadora de Habilitação do Detran-MA, Nazaré Nunes.

De acordo com os dados do setor de habilitação do Detran-MA, de janeiro a 28 de maio desde ano, foram realizados um total de 110.196 exames entre teóricos e práticos (nas categorias duas e quadro rodas), sendo que a quantidade de reprovados foi de 46.102 e 6.304 faltosos. “Esses índices são preocupantes, pois, sabemos que a maior parte dos candidatos se submete à prova sem as condições adequadas ou não comparecem na hora do exame, o que acaba prejudicando o processo”, ressaltou ela.

A coordenadora alerta para o melhor preparo dos candidatos e se mostra preocupada com o alto índice de insucesso. Vale ressaltar que o candidato tem um ano para realizar o processo de habilitação, que inclui as aulas teóricas, práticas e as provas. “O alto índice revela que muitas pessoas estão tentando se habilitar sem estar suficientemente preparadas”, diz.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários