Poder

CNJ vai monitorar processo da morte de Décio Sá

A Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) incluiu, no sistema de acompanhamento processual “Justiça Plena – Processos de Relevância Social”, a Ação Penal que trata do homicídio do jornalista Décio Sá – assassinado a tiros em São Luís, em 23 de abril de 2012.

A medida foi confirmada pelo ministro Fernando Falcão, corregedor nacional de Justiça, ao desembargador Antonio Guerreiro Júnior, presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, e ao corregedor-geral da Justiça, desembargador Cleones Cunha.

“Essa decisão é positiva para a Justiça estadual e, em especial, uma vitória de todos os maranhenses que acompanham esse caso e o querem resolvido”, comentou o presidente.

A inclusão do processo no sistema foi solicitada à Corregedoria Nacional pelo presidente Guerreiro Júnior, a pedido do juiz Márcio Brandão, que responde pela 1ª Vara do Tribunal do Júri de São Luís, onde a ação foi ajuizada. Com o cadastro da Ação Penal no sistema, o processo passa a ser monitorado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “CNJ vai monitorar processo da morte de Décio Sá”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. BOCAOOOOOOOOOOOOOOO

    MEU POVO PODE COLOKAR ATE O DIABO PARA MONITORAR E DESCOBRIR TUDO DA MORTE DO DECIO QUE NAO VAO DESCOBRIR E NADA NUNCA POIS AI TEM MUITA GRANA ENVOLVIDA MILHOES DESVIADO E SE A VERDADE APARECER CAI DEPUTADO SECRETARIO DE ESTADO VEREADOR RECEM ELEITO GOVERNO DO ESTADO CAI TBM AI SO DEUS PARA DESCOBRIR A VERDADE VERDADES ESTAS QUE TODAS AS AUTORIDADES SABEM E FIKAM CALADOS E FAZENDO GRAÇAS POIS SE A BOMBA ESTOURA ATE ELES VAO JUNTOS

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários