Poder

Acorda, Aluísio Mendes! Município de Bequimão nem viaturas têm

Enquanto isso, para Aluísio Mendes, a insegurança é artificial....

Um assassinato registrado no último sábado (11) na cidade de Bequimão assustou toda a população. O empresário João Delbinha foi assassinado com dez tiros na frente do filho e da esposa.

Quatro bandidos armados invadiram o estabelecimento comercial do empresário, um hipermercado de gêneros alimentícios. Os assaltantes procuravam por um cofre que segundo eles teria a quantia de R$ 500 mil reais, o que não foi encontrado no local.

Irritados com a situação roubaram a quantia de R$ 2 mil reais e pertences das vitimas que foram feitas reféns, como relógio, cordão e celulares.

O empresário estava chegando no hipermercado localizado na avenida Antônio Dino, no centro da cidade, quando deu de cara com os bandidos. Mesmo sem reagir, foi assassinado cruelmente com dez tiros.

Após o fato ter sido consumado os bandidos fugiram. Familiares solicitaram viaturas militar para saírem em busca dos assaltantes e para piorar a situação foram informados de que as únicas duas viaturas da cidade estavam no prego. Uma sem gasolina e a outra com a bateria descarregada. Uma lástima!

Parentes da vítima estão revoltados com o péssimo desempenho da polícia, já que eles afirmam ter provas que possa levar a prisão dos bandidos.

Um dia após o assassinato, populares acharam uma bermuda utilizada por um dos bandidos suja de sangue com a quantia de R$ 190,00 reais.

Assim como em São Luís, nos municípios maranhenses a Segurança Pública é uma lástima. A população fica refém da bandidagem e a Polícia dormindo no ponto, a exemplo de Aluísio Mendes


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários