Poder

Irmãos estão desaparecidos na Praia de Panaquatira

IDifusora

No início desta tarde de sábado (06), um acidente por afogamento foi registrado na Praia de Panaquatira, localizada no município de São José de Ribamar, distante há 32 quilômetros da capital.

Por volta das 12h, um pescador identificado por Vanderlei dos Santos levou os filhos Ruan Carlos Rodrigues dos Santos de 9 anos e  José Alysson Rodrigues dos Santos  de 11 anos para acompanhar a sua atividade em alto mar.

Em meio a pesca, a maré começou a encher.  Sem tem o que fazer, o pai deixou as crianças no meio das pedras apenas com a rede de pesca e nadou até a beira do mar para pedir socorro, já que as fortes ondas impossibilitaram ele de retornar .

Após conseguir ajuda, ele retornou ao local que tinha deixado os filhos. Chegando no local percebeu que as crianças tinham sumido e que consequentemente eles teriam desparecido em meio as águas.

O cononel Wibirajá Figueiredo, comandante do Grupamento de Atividades Técnicas (GAT), explicou o perigo desses tipos de acidentes na região. “ A praia de Panaquatira é perigosa para atividade pesqueira. Pescadores inexperientes  e com barcos impróprios não percebem que a maré enche da beira para o meio, o que acaba deixando o barco “ encurralado” no meio das fortes ondas, disse.

Por volta das 15h, o Grupamento Tático Aéreo (GAT) e o Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMAR), iniciaram as buscas pelas vítimas e ao anoitecer foram encerradas e retornarão na manhã de domingo (7).

A família é moradora da Avenida São José, Vila Roseana em São José de Ribamar.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários