Poder

Ex-prefeito de Rosário pode ser preso na 1º etapa da Operação de combate a agiotagem

De acordo com depoimentos, a empresa funcionava como laranja para os negócios de Gláucio com as prefeituras.

Ex-prefeito Marconi Bimba.

Ex-prefeito Marconi Bimba.

Em 2011 o ex-prefeito de Rosário, Marconi Bimba (PRP), gastou um valor de 1,3 milhão, em contrato ‘duvidoso’ com a empresa laranja de Glaúcio Alencar, 34 anos. O ex- prefeito contratou a empresa Patrícia Gracielle A. Martins para fornecer merenda escolar no município pelo prazo de um ano.

A empresa contratada na época por Bimba, é em nome de Patrícia Gracielle Aranha Martins, que é viúva do empresário Fábio Brasil – executado a tiros em Teresina/PI e que fazia parte de empresas laranja usadas pelo empresário Gláucio Alencar, apontado como um dos mandantes do crime de Décio Sá.

De acordo com depoimentos, a empresa funcionava como laranja para os negócios de Gláucio com as prefeituras.

O motivo de Bimba não ter disputado a reeleição se deu após estourar a bomba de que cheques de prefeituras foram apreendidos na casa de Alencar. Além disso, a Polícia acredita que o ex-prefeito contraiu um débito na mão de Gláucio de R$ 2,5 milhões.

O desespero de Marcone Bimba é tão grande que ele já anda procurando advogado em busca de habeas corpus, caso seja decretada sua prisão.

Na lista dos gestores e ex-gestores investigados pela Seic, o nome de Bimba aparece entre os primeiros que devem ser alvo da primeira etapa da Operação que combate a agiotagem no Maranhão. Confira abaixo o contrato da gestão de Bimba com a empresa ligada a Gláucio Alencar.

RESENHA CONTRATO Nº 003/2011. PREGÃO PRESENCIAL/ CPL. CONTRATANTE: Prefeitura Municipal de Rosário. REPRESENTANTE LEGAL: Marconi Bimba Carvalho de Aquino, CPF N.º 104.230.603-68. CONTRATADO: Patrícia Gracielle A. Martins C.N.P.J. nº 05.991.533/0001-04. REPRESENTANTE LEGAL: Patrícia Gracielle Aranha Martins, CPF n.º 007.387.523-63. OBJETO: Fornecimento de Material de Consumo, Tipo Gêneros Alimentícios para Atender ao Programa da Merenda Escolar dos Alunos da Rede Municipal de Ensino da Zona Urbana e Zona Rural do Muncípio de Rosário, Estado do Maranhão. VIGÊNCIA: 10 meses. PRAZO DE EXECUÇÃO: 10 meses. VALOR: R$ 1.299.931,00 (hum milhão, duzentos e noventa e nove mil, novecentos e trinta e hum reais). DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: Secretaria Municipal de Educação – FNDE Merenda Escolar. FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: Pregão Presencial nº 003/2011, Lei nº 8.666/93 e Lei 10.520/02. Miguel Jorge de Carvalho Filho-Presidente/CPL. Rosário(MA), 28 de março de 2011. Publicado, por afixação no vestíbulo da Prefeitura Municipal de Rosário (MA), em 03/03/2011 em local de amplo e fácil acesso ao público (Constituição do Estado do Maranhão, art. 147, inc. IX); (STJ – 1ª Turma – REsp n° 105.232/CE – Rel. Min. Garcia Vieira – j. 15/09/97 – ac. um. – DJU de 20.10.97, seção 1, p. 52977). MARCONI BIMBA CARVALHO DE AQUINO – Prefeito Municipal.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Ex-prefeito de Rosário pode ser preso na 1º etapa da Operação de combate a agiotagem”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Thiago

    Gostaria que você investigasse sobre os 1.566 processos prescritos no Tribunal de Justiça do Maranhão conforme os dados do CNJ, sobretudo os de corrupção e lavagem de dinheiro. Se puder divulgue os nomes dos envolvidos e porque não foram julgados e a justificativa da justiça do Maranhão para o não julgamento.

  2. antonio carlos silva

    Parece que finalmente a casa vai cair para Bimba, se alguém quiser mais provas sobre as ligações dele com a agiotagem, é só ir em Rosário, naquela cidade várias pessoas viram tanto o Gláucio como o Fabio Brasil transitando livremente nas dependências da prefeitura, os pois eram sócios de Bimba.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários