Poder

Dicival Gonçalves é novo delegado da Cidade Olímpica

Dicival assume no lugar do delegado Walter Wanderley, que fez um excelente trabalho na área da Cidade Operária e Cidade Olímpica.

Dicival Gonçalves

Dicival Gonçalves

O delegado Dicival Gonçalves da Silva é o novo Titular do 18º Distrito Policial, no bairro da Cidade Olímpica.

Ele foi recebido pela associação de moradores do bairro que preparou um café da manhã para dar as boas vindas e o apoiar em seu trabalho.

“Sinto-me lisonjeado por essa receptividade, pois a comunidade já conhece meu trabalho e confia. Vamos, juntos, fazermos um trabalho de combate à criminalidade”, declarou o delegado.

O café da manhã aconteceu na manhã desta segunda feira (8), nas dependências do Distrito Policial da Cidade Olímpica. Estiveram presentes, a Ouvidora da Secretaria de Segurança Pública, Elivânia Estrela Aires, conselheiros comunitários da área, representantes da associação de moradores, conselheiros tutelares, representantes de igrejas evangélicas e católicas, além de outros delegados.

Dicival Gonçalves, que atua há 25 anos como delegado de Polícia Civil, disse que dará continuidade e vai otimizar os trabalhos já desenvolvidos pelo antigo delegado, Walter Vanderley. “Vamos organizar tudo que está pendente e desenvolver novas formas de serviço que beneficiem tanto os servidores da Polícia Judiciária, quanto a comunidade local”, afirmou.

O novo titular do 18º DP afirmou ainda que vai buscar parcerias com o poder municipal e com a Ouvidoria da SSP que resultem na efetivação mais eficaz de políticas públicas de segurança. O delegado Dicival Gonçalves falou que irá firmar convênios para levar ações de cunho preventivo para o bairro.

Para a Ouvidora da SSP, Elivânia Estrela, ações desta natureza ajudam a contribuir para a redução da criminalidade. “O Sistema de Segurança precisa se aproximar cada vez mais da comunidade, pois com esse contato, as pessoas que fazem parte de vários segmentos sociais vão se mobilizar e em conjunto com polícia desenvolver ações que reduzem os índices de criminalidade”, concluiu.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários