Poder

Empresa contratada pela Vale ‘aplica calote’ em empresários

A construtora Serpal uma das principais construtoras do país com 35 anos de atividades, foi adiquirida pelo Grupo Advento numa transação milionária.

Serpal

Serpal

A empresa construtora Serpal (terceirizada contratada pela Vale) que contratou serviços também de outras empresa está sendo acusada de aplicar calotes.

A empresa mineira Serpal foi contratada pela Vale para trabalhar na sua base logística em São Luís do Maranhão. Inexplicavelmente a empresa abandonou o seu canteiro de obra e deixou no prejuízo dezenas de pequenos empresários, sem acertar as contas e sem pagar os seus fornecedores.

A Serpal está em débito com mais dez pequenas empresas do Maranhão. Por medo de represálias, apenas quatro revelaram os débitos: RB da Costa Braga (material de consumo) deve receber R$ 55.642,13; A.R. Bastos (água mineral e gelo) deve receber R$ 85.000,00; Carlos Alberto R. Gomes Transportes deve receber R$ 304.054,57; Posto Vila Isabel deve receber R$ 125.000,00.

A VALE, uma das maiores empresas do Brasil e do mundo que teve lucro líquido no ano de 2012 de R$ 9,7 bilhões, alega não ter responsabilidade sobre as dívidas, culpando exclusivamente a Serpal. A Vale diz que a empresa abandonou o canteiro e não pode fazer nada quanto a isso.

Ocorre que, a mineradora deveria cobrar da terceirizada que cumpra com os deveres, mesmo que não há relação direta com os pequenos empresários que foram vítima de calote da Serpal.

A construtora Serpal uma das principais construtoras do país com 35 anos de atividades, foi adiquirida pelo Grupo Advento numa transação milionária.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários