Poder

Vereador condena despejos forçado em Paço do Lumiar

“É preciso que essa legislatura cumpra o papel que a ela cabe", afirmou Marcelo.

Vereador Marcelo Portela.

Vereador Marcelo Portela.

O vereador Marcelo Portela fez seu primeiro pronunciamento nesta terça-feira (05), na primeira sessão ordinária da Câmara Municipal de Paço do Lumiar. Na oportunidade, o vereador falou sobre um dos problemas que mais aflige o luminense, que é o despejo forçado.

Segundo o vereador Marcelo, hoje o município tem cerca de 40 comunidades nesta situação e de forma mais eminente às comunidades de Eugênio Pereira, que abriga mais de 700 casas, Cajueiro e Renascer, que já tiveram ordem de despejo e ainda não tiveram suas casas derrubadas por força de liminar.

“Entendemos que o despejo forçado é um atentado contra a cidadania e a dignidade humana do cidadão luminense, muitas famílias já estão estabelecidas nestes lugares há anos e de repente se deparam com ordens de despejo. É preciso que essa legislatura cumpra o papel que a ela cabe, que é de legislar em prol do interesse público e do bem-estar luminense, não podemos mais aceitar que esta violência continue sendo realizada em nosso município. Serei incansável na batalha pela regularização fundiária no município”, afirmou Marcelo.

Marcelo Portela, que também é presidente da Comissão de Meio Ambiente da Câmara chamou atenção para a fiscalização que deve acontecer nos empreendimentos imobiliários que vem sendo construídos em Paço do Lumiar.

Durante a sessão foram propostos que se realizem audiências públicas, fóruns permanentes de discussão e que novas medidas sejam tomadas para inibir que tantas famílias percam seu lar e para que a regularização fundiária aconteça em Paço do Lumiar.

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

6 comentários em “Vereador condena despejos forçado em Paço do Lumiar”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Sabrina

    Esse aí, nunca nem ouvi falar. Deve ter sido eleito pelo cociente eleitoral que elege os sem votos. Mais sera só um mandato. Pela cara agente sabe que nao serve pra nada. Cara de retardado, de puxa saco de prefeito.

  2. AVOZLUMINENSE.BLOGSPOT.COM

    ESTA MUITO DIFICIL OS VEREADORES CUMPRIREM COM O SEU PAPEL DE LUTAR EM BENEFICIO DA POPULAÇÃO. ESTAO APENAS PREOCUPADOS COM SEUS PROBLEMAS PESSOAIS, PRINCIPALMENTE, EM RELAÇÃO AOS SEUS SALARIOS QUE TIVERAM UM AUMENTO DE QUASE 100%. SEM FALAR DO PROFESSOR PREFEITO JOSEMAR QUE NAO FAZ NADA, NAO ATENDE O POVO, CADE ELE? ELE DEVERIA ESTAR AI, POIS NAO PODIA EXISTIR UM PROTESTO NO MUNICIPIO QUE ESTAVA PRESENTE. E ESSE VEREADORZINHO QUE E DA BASE DO PREFEITO NAO TEM MORAL PORQUE E ALIADO DE RAIMUNDO FILHO, E JOSEMAR TEM RAIVA DELE.

    NOTICIAS DO PAÇO? ACESSE: http://avozluminense.blogspot.com.br/2013/02/josemarjosemar-recebe-r-1900000-um-dos.html

  3. nalva

    Não adianta ficar apenas no discurso precisar colocar em pratica as promessas de campanha. O povo já está cansado. Cade o professor prefeito? ninguem olha esse cidadao, logo ele que se dizia do povão, agora foge do povo porque? so sabia ser pedra, agora que virou vidraça tem medo da população e de suas cobranças. Está a trinta dias e nao sentimos nenhuma mudança em Paço, a nao ser os salarios atrasados, postos medicos fechados, escolas fechadas e sem fazer matriculas obrigando os pais a fazer matriculas em escolas estaduais, ruas esburacadas e anuncia obras: colocando um barro vagabundo na Vila Cafeteira e Paranã, so para dar problemas respiratorios nas nossas crianças. Esse é um judas.

  4. carlos

    Esse daí é um almofadinha que nem falar sabe, é muito prolixo. Foi eleito na base da pressao que o ex-prefeito Raimundo Filho fez aos funcionários municipais, por ser do mesmo partido o PHS. É pedante e se acha muito importante, fui falar com ele e o mesmo nem me atendeu e fingiu nao me conhecer. Marcelo Portela quatro anos passa rápido.

  5. TANIA

    Rapaz esse Marcelo Portela vai dá o que falar, ele é extremamente preparado e sua origem de luta comunitária mostra que ele vai lutar pelo povão, é isso ai, não mude, você vai longe.

  6. carlos

    Marcelo deve explicações ao povo, pois a sua origem politica foi no grupo de Bia Venancio e somente a deixou porque foi demitido por ter cometido irregularidades durante a sua passagem como secretario geral da Prefeitura de Paço do Lumiar. Ele era quem atendia fornecedores e empreiteiros, era o homem forte, chegando a viajar com a ex-prefeita para Brasilia diversas vezes. E mais um querendo aproveitar a desgraca alheia para aparecer. Se ele tem compromisso porque nao pede para o professor prefeito comprar a area como a Bia fez com o residencial Menino Gabriel.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários